quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Academia e Sociedade Zé da Luz concedem à Zorah Lira o diploma Leonilla Almeida

 A Academia de Cordel do Vale do Paraíba e a Sociedade Cultural Poeta Zé da Luz, de Itabaiana (PB), concedem o diploma Leonilla Almeida à cantora e poeta Zorah Lira. A homenageada teve destacada atuação na vida social, artística e política de Itabaiana nas décadas de 70/80, onde foi candidata a vice-prefeita e uma das primeiras a produzir jingles políticos na região. Parente do músico Sivuca, Zorah Lira também tem livros de poesia publicados e é uma figura de destaque na cultura local, aparecendo no livro “Artistas de Itabaiana”, de autoria do jornalista Fábio Mozart. 

"Ela tem uma história muito interessante, foi um marco na política local com sua voz belíssima, e o diploma Leonilla Almeida é importante para reconhecer o trabalho de mulheres que se destacam na região”, destacou o poeta Sander Lee, Presidente da Academia de Cordel.

O diploma será entregue no dia 25 de março, na Câmara de Vereadores de Itabaiana. A entrega da honraria terá apresentação de grupos folclóricos e show com a cantora Meire Lima.




terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Trabalhadores impedem que prefeitura de Mogeiro transforme áreas rurais em loteamentos urbanos

Trabalhadores rurais protestam na Câmara de Vereadores de Mogeiro – PB
A mobilização de trabalhadores rurais impediu que todas as propriedades rurais, no município de Mogeiro, com áreas abaixo de 300 hectares, fossem transformadas em loteamentos urbanos para construção civil. Um projeto de lei da prefeitura da cidade trazia essa proposta que iria prejudicar várias comunidades rurais. “Graças à presença dos trabalhadores que lotaram a Câmara de Vereadores esse desastre não aconteceu”, disse o deputado estadual Frei Anastácio
O deputado relatou que o projeto atendia exclusivamente a especulação imobiliária, sem levar em conta a situação de muitas famílias de acampamentos e assentamentos que vivem da agricultura e vendem sua produção em feiras e mercados. “Esse projeto do poder executivo estava na pauta da seção ordinária da Câmara de Vereadores do município de Mogeiro do dia 10/02. As comunidades dos assentamentos Dom Marcelo, Padre João, Benta Hora e os posseiros das Fazendas Salgadinho, Paraíso e Fazendinha ocuparam a câmara de vereadores e o projeto foi retirado da pauta”, disse o parlamentar.
De acordo com o deputado, depois que os vereadores Branco e Edberto, a pedido dos agricultores, solicitaram uma audiência pública para discutir melhor o projeto com a presença das partes interessadas. O pedido foi aceito e aprovada uma audiência para o dia 17/02, às 9 horas. Novamente os trabalhadores se mobilizaram e, desta vez, com um maior número de pessoas que ocuparam as dependências da câmara e a rua em frente do prédio.
“Diante da pressão dos trabalhadores, os vereadores ficaram inseguros e chegaram até a atrasar o início da audiência pública. A presidência da Câmara solicitou a presença de uma comissão formada por trabalhadores, representantes da Comissão Pastoral da Terra e do nosso mandato. Os vereadores anunciaram que iriam retirar o projeto da pauta e solicitaram ajuda para elaboração de uma nova propositura que não trouxesse prejuízos para área rural. Quando a proposta estava sendo fechada, o procurador da prefeitura apareceu com requerimento solicitando o arquivamento do projeto”, relatou Frei Anastácio.
O parlamentar destacou que tudo isso aconteceu, porque os trabalhadores estavam unidos e mobilizados. “Quero parabenizar a todos envolvidos naquela ação. Se aquele projeto fosse aprovado seria uma grande derrota para os trabalhadores que iriam assistir o setor imobiliário invadir a zona rural”, destacou.
De acordo com Frei Anastácio, esse mesmo tipo de mobilização deve ser feita pela classe trabalhadora do Brasil diante das reformas do governo golpista que atingem diretamente direitos adquiridos com luta, ao longo da história do país. “A mobilização é a nossa arma de luta. Os trabalhadores de Mogeiro deram um exemplo disso. Por tanto, não podemos ficar de braços cruzados assistindo o desmanche que o governo golpista está realizando”, afirmou. 

Ascom

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Ministério do Turismo pode patrocinar eventos de turismo cultural em Pilar, Itabaiana e Ingá


O Ministério da Cultura abriu inscrições até o dia 9 de março para apoiar financeiramente projetos ligados à área de turismo, através do sistema de convênios (Siconv) do governo federal. Os recursos são provenientes da programação financeira do Ministério do Turismo.
Em Itabaiana, foi realizado em 2016 um projeto ligado ao turismo artístico, cultural e ecológico. Trata-se da “Trilha das almas”, que teve sua primeira edição em 17 de setembro. O programa promoveu passeio na Jardineira Flor da Trilha, city tour nas cidades de Itabaiana e Salgado de São Félix, ciranda na comunidade Alagamar, encontro com apicultores e almoço com comidas regionais, visitação à ponte ferroviária de Guarita, feira livre de Maria de Melo, exposição da cerâmica de Nevinha, caminhadas nas veredas das Ligas Camponesas, visitação a igrejas e prédios históricos e trilha de 17 quilômetros com guia turístico especializado e apoio de segurança e socorrista. Este projeto poderá ter apoio da Prefeitura através do setor de cultura e turismo, com inscrição no Siconv.
Na cidade de Pilar, o atual Secretário de Cultura, Antonio Costta, confirma que poucas cidades no Brasil têm o potencial turístico/cultural que seu município apresenta. “A valorização da nossa cultura é um dos caminhos mais sólidos para a construção de um futuro muito mais promissor para a nossa terra, gerando renda e elevando a autoestima de nosso povo. Eu não tenho nenhuma dúvida que o apoio ao turismo cultural será um dos principais fatores para o desenvolvimento econômico de Pilar”, afirmou ele. O município deverá se inscrever para buscar apoio financeiro para projetos de turismo cultural.

O poeta Vavá da Luz, Secretário de Turismo de Ingá, também deverá coordenar, organizar e elaborar propostas para a implantação da política cultural e turística do Município com eventos de grande porte, levando em conta a realidade econômica e social local e o potencial das Itacoatiaras, monumento arqueológico que atrai turistas do mundo todo.
“Os eventos são excelentes oportunidades de atração de turistas e geração de empregos e renda nos Municípios brasileiros. Por isso, o Ministério do Turismo direciona, anualmente, parte de seus recursos para produção e divulgação de festivais gastronômicos e musicais, aniversários de cidades, e feiras em todo o país”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão. Em 2016, a Pasta destinou R$ 14,3 milhões para 50 eventos realizados em vários Municípios brasileiros.


domingo, 19 de fevereiro de 2017

Poeta Sander Brown lança livro neste domingo em João Pessoa

O poeta Sander Brown está lançando seu livro 'Cangote envenenado’, às 19 horas deste domingo (19), no Café da Usina Cultural Energisa, em João Pessoa, com entrada franca. “Espero que este meu primeiro trabalho seja bem recebido pelo público”, disse Brown que é membro da Academia de Cordel do Vale do Paraíba.

O livro sai pela Editora Penalux, tem prefácio de Maria das Graças Targino e comentários de Sérgio de Castro Pinto. “Cangote envenenado fala de vida e morte; alegria e tristeza; sonho e desilusão; plenitude e solidão; solidariedade e hipocrisia; realidade e utopia; clareza d'alma e loucura, e assim infinitamente dentro do universo poético”, disse Sander Brown.


O poeta Sande Lee, pai do autor, realizará recital com poetas de sua autoria e de Zé da Luz, com participação de Thiago Alves e outros artistas locais. 

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Prazo para gestores municipais prestarem contas da merenda escolar foi prorrogado para 30 de abril





A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta a todos os gestores municipais que a data para prestação de contas da merenda escolar foi prorrogada para o dia 30 de abril. O prazo anteriormente estipulado se encerrava nesta quarta-feira, 15 de fevereiro.

Assim, tanto as prestações de contas da merenda escolar quanto do transporte deverão ser enviadas até o dia 30 de abril para o Sistema de Gestão de Prestação de Contas (SiGPC/Contas Online), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC). Estados e Municípios que receberam recursos desses programas em 2016 precisam enviar os dados sobre a execução financeira.

As informações encaminhadas serão inicialmente analisadas por conselheiros de controle social, responsáveis por acompanhar a execução do Pnae e do Pnate em cada Município e Estado. Os conselhos terão 45 dias, ou seja, até 14 de junho, para registrar os pareceres aprovando ou não as contas no Sistema de Gestão de Conselhos (Sigecon) do FNDE.

A CNM espera que o problema de liberação de senhas aos gestores municipais para acesso ao Sigpc seja solucionado o mais rápido possível. Muitos gestores sem condições financeiras têm vindo a Brasília a fim de resolver problemas de acesso ao sistema, o que ocasiona desconforto e preocupação logo no início de mandato.



sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Vereadores de São Miguel de Taipu denunciam impropriedade da água consumida na cidade

Quatro vereadores de São Miguel de Taipu - Almir Soares, Riso, Lia Antero e Gilvan Rocha - denunciaram que a água que chega às torneiras da população não é própria para o consumo. Eles gravaram um vídeo no reservatório que abastece o município e disseram que o local fede e o líquido chega às casas junto com sanguessugas e caramujos. Em um vídeo encaminhado ao ParlamentoPB, os parlamentares municipais responsabilizaram o prefeito, Clodoaldo Beltrão Bezerra de Melo, pelo problema e dizem que ele descumpriu uma das principais promessas de campanha que seria fornecer "água cristalina" aos moradores.

"A água está podre. Tem cavalos tomando banho e fazendo as necessidades no rio. Se o prefeito morasse em São Miguel e usasse esta água, ele teria consciência. É sanguessuga que tem na água. É caramujo. Nós somos seres humanos, não somos animais", desabafou a vereadora Riso (PT).

"A água está verde, não é tratada, a prefeitura não bota remédio na água e ela chega nas torneiras do povo suja, fedorenta e com caramujos. Está horrível", completou Gilvan Rocha (PSB).

ParlamentoPB tentou contato com a prefeitura de São Miguel, mas o telefone "está programado para não receber chamadas". Foi enviado um email para a prefeitura com o questionamento sobre a qualidade da água e o espaço está aberto para ouvir o contraponto da gestão sobre o assunto.


ParlamentoPB

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Prefeitos podem receber 150 ônibus escolares, 99 laboratórios de informática, além de mobília para sala de aula

Mudar a realidade do povo paraibano principalmente daqueles que habitam as regiões historicamente mais desassistidas do estado tem sido o grande objetivo e a meta maior do Pacto Social programa concebido pela gestão do PSB e executado pelo governador Ricardo Coutinho nos seus dois mandatos. O Pacto Social é uma concepção administrativa onde os recursos públicos são direcionados para transformar a vida do cidadão comum, aquele cujas sucessivas gestões deram pouca ou nenhuma atenção.
Convocar os prefeitos e estimular sua adesão a essa cruzada pela emancipação social de cidadãos humildes cujas dificuldades de acesso à Educação, a Saúde, a infraestrutura, a Cultura, ao Esporte são reconhecidamente consequência da falta de investimentos nesses setores básico e fundamentais à uma sociedade que almeje a erradicação da miséria.
Focado nessa luta pela melhoria efetiva dessas camadas desassistidas é que o Governo do PSB concebeu a criação do Pacto Social pelo Desenvolvimento na Paraíba e direcionou recursos que já atingem algo aproximado aos R$ 200 milhões.
O governador Ricardo Coutinho convidou os 223 prefeitos paraibanos para aderirem a mais um Pacto pelo Desenvolvimento Social na Paraíba e destinou ao programa mais de R$ 90 milhões, que serão aplicados na aquisição de ônibus escolares, kits de informática e mobiliário para salas de aula.
A parceria entre prefeituras e Estado contempla a distribuição de 50 ônibus escolares, com capacidade para 59 passageiros, e mais 100 ônibus de 24 lugares, que servirão de transporte para alunos matriculados nas redes municipal e estadual de Ensino, decretando o fim dos velhos paus-de-arara cuja lembrança reporta os paraibanos para tragédias que ceifaram a vida de jovens estudantes, em governos passados.
Sala de Aula
Crianças na faixa etária de 6 a 8 anos serão beneficiadas com a doação de 65 mil conjuntos, organizados em Kits compostos por mesas e cadeiras escolares, anatomicamente concebidas para prevenir deformações físicas nos pequenos alunos, como também 99 laboratórios de Informática, com capacidade simultânea para atender 18 alunos individualmente ou 36 em duplas, sendo que, os laboratórios podem ser utilizados pelos alunos dos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental.
Etapas
Os prefeitos terão 15 de fevereiro a 04 de março deste ano para aderirem ao Pacto Social, em seguida aguardarão de 06 a 10 de março pela análise e homologação, posteriormente de 14 a 30 de março pela formalização, e, da data da adesão até 31 de dezembro pela execução, ficando o encerramento para 30 de janeiro de 2019.