domingo, 26 de março de 2017

Poeta da Academia de Cordel ganha seu segundo prêmio nacional de poesia


O poeta Tiago Monteiro (foto), da cidade de Pocinhos-PB, que havia sido premiado em dezembro do ano passado no “Prêmio Poetize 2017”, com o poema “Lição para a vida”, teve o poema “Sobre saudade” selecionado entre os 250 vencedores do “Prêmio Poesia Livre”, da editora Vivara, cujo resultado saiu nesta quarta-feira (22). Tiago é membro da Academia de Cordel do Vale do Paraíba.
O concurso, que teve inscrições abertas de dezembro de 2016 a março de 2017, recebeu 3.203 inscrições, onde apenas 250 foram selecionadas e farão parte da coletânea “Poesia Livre 2017”, da editora Vivara, que será lançado em maio do corrente ano.
“Estou muito feliz com mais essa conquista. Ter um poema publicado em um livro de alcance nacional muito nos honra, além do mais quando é o segundo prêmio em pouco mais de 3 meses. É muito bom saber que sua poesia tem alçado voos tão grandes. O ânimo para continuar escrevendo só aumenta”, comentou Tiago Monteiro.
Tiago Monteiro é cordelista membro da Academia de Cordel do Vale do Paraíba e um incansável lutador em prol da cultura pocinhense. Tem vários cordéis lançados, a exemplo de “O futuro a Deus pertence” e “Minha jumenta Filó”. Seu trabalho pode ser lido no site www.poetatiagomonteiro.com

sábado, 25 de março de 2017

Itabaiana marca aniversário de nascimento do agitador cultural e político Chico Veneno

No mês de abril, a cidade de Itabaiana fará um sarau em homenagem ao jornalista Chico Veneno, personalidade da cultura da Paraíba nos anos 60 e 70, fundador do jornal Evolução e um dos precursores do Cinema Novo no Estado. O evento, ainda sem data, lembrará os setenta anos de nascimento de Chico e é uma parceria das Secretarias de Cultura do Estado e do Município. “Sua memória será lembrada com poesia e uma conferência sobre a sua história”, adiantou Lau Siqueira, Secretário de Cultura da Paraíba.
A Academia de Cordel do Vale do Paraíba participará do sarau, com relançamento do cordel “Chico Veneno, o homem que intoxicou a burguesia”, de Fábio Mozart, e outras intervenções poéticas dos cordelistas.

O jornal de Chico, “Evolução”, foi reeditado pelos jornalistas Fábio Mozart e Socorro Almeida, cujo número inicial desta nova etapa da publicação foi lançado em 2016, com patrocínio do Fundo de Incentivo à Cultura Augusto dos Anjos, da Secult-PB. Provavelmente será lançado o segundo número do “Evolução” em abril, durante as comemorações dos setenta anos de nascimento de Chico Veneno. “Evolução” foi um marco na imprensa combativa da Paraíba nos anos de chumbo, entre 1964 e 1968.



sexta-feira, 24 de março de 2017

Carnavalesca recebe Prêmio Leonilla Almeida pela dedicação à cultura paraibana

Foto: Rodolfo Athayde
A jornalista Ednamay Cirilo Leite (foto) será uma das contempladas com o Prêmio Leonilla Almeida deste ano, diploma concedido pela Academia de Cordel do Vale do Paraíba às mulheres que se destacam na vida social e cultural da Paraíba. A solenidade de entrega da comenda será no dia 13 de maio, no antigo Colégio Dom Bosco, em Itabaiana, no mês comemorativo ao aniversário de emancipação política do Município, em parceria com a Secretaria de Cultura da cidade, que tem à frente  Herivelt Félix de Lima.
 Ednamay Cirilo é ativista dos movimentos culturais, formada em Comunicação pela Universidade Federal da Bahia. Ela é fundadora e Presidente da Associação Cultural e Recreativa Anjo Azul, com sede em João Pessoa, mentora dos blocos Anjo Azul e as Anjinhas, voltados para o universo feminino e suas inquietações, “em busca da cidadania, cultura e arte.” 

Leonilla Almeida foi ativista política, perseguia e presa pela ditadura de Getúlio Vargas. Ela é itabaianense, pertencente à família tradicional de cujo ramo saiu o gênio da música, Sivuca. 

quinta-feira, 23 de março de 2017

TCE-PB reunirá prefeitos para debater planejamento orçamentário e desenvolvimento sustentável

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba reunirá amanhã, sexta-feira (24), os prefeitos e vice-prefeitos dos 223 municípios do estado para repassar orientações acerca de planejamento, orçamento e desenvolvimento dos municípios.
Denominado “Encontro Sobre Planejamento Orçamentário e Desenvolvimento Sustentável”, o evento – sob a coordenação do conselheiro Marcos Costa, atual dirigente da Escola de Constas Otacílio Silveira, do TCE – terá início às 8h 30  e será aberto pelo presidente da Corte, conselheiro André Carlo Torres, no Centro Cultural Ariano Suassuna. O conselheiro Arnóbio Viana, vice-presidente do TCE, fará o encerramento do encontro.
A programação de palestras temáticas começa com abordagem do conselheiro Fernando Catão sobre ‘A Responsabilidade dos Agentes Públicos na Elaboração dos Instrumentos de Planejamento’.
O tema seguinte – ‘Visão do Ministério Público de Contas Acerca dos Instrumentos de Planejamento’ – ficará a cargo do procurador Bradson Camelo. Na sequência, a auditora de contas públicas, Adriana Falcão do Rego falará sobre ‘A Contribuição das Auditorias Operacionais para o Planejamento da Gestão e a Boa Governança’.
Depois, será a vez do presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, conselheiro Antonio Gilberto de Oliveira Jales, abordar o tema ‘O Comprometimento dos Gestores Públicos e Órgãos de Fiscalização com o Planejamento Orçamentário Responsável e a Sustentabilidade’.
A programação segue com apresentação, a cargo do conselheiro Arthur Cunha Lima, Ouvidor do TCE, do livro‘Juscelino Kubitschek, Vida e Obra’, de autoria do conselheiro (aposentado) e poeta Luiz Nunes.
‘Os Impactos da Gestão Sustentável para o Cidadão’ serão tratados, em palestra conjunta, pelo auditor Flávio Roberto Gondim e pela servidora Ana Márcia Batista Alves. Em seguida, a coordenadora da Fundação Solidariedade, Núbia Virgínia Almeida Gonçalves falará sobre Objetivos do Desenvolvimento Sustentável’.
 Ascom


quarta-feira, 22 de março de 2017

Michel Temer comete gafe envolvendo compositor de Itabaiana


A música ‘Deixe o Rio Desaguar’, do compositor itabaianense Aracílio Araújo (foto) e interpretada pelo cantor paraibano Flávio José foi destaque nesta segunda-feira (20) em matéria da Folha de S. Paulo. Jornalistas da Folha, enviados especialmente a Monteiro para cobrir a chegada das águas do Rio São Francisco à cidade, através das obras da transposição, fizeram uma reportagem com o cantor ressaltando a música que virou o “hino da transposição”.
Em vídeo, Flávio José conta da surpresa ao receber uma ligação do presidente Michel Temer o parabenizando pela interpretação da música. “Eu estava em Campina Grande, tinha acabado de chegar de São Paulo. Jassa disse: ‘Tem um amigo meu aqui de São Paulo que quer falar com você’, e passou o telefone. ‘Oi, Flávio, aqui é o Michel Temer. Estou ligando para parabenizar pela música, muito bonita, chegou na hora certa'”, contou o cantor.
‘Deixe o Rio Desaguar’ traz versos como “O São Francisco com sua transposição/ No meu Nordeste o progresso vai chegar/ Se é que o Brasil agora está na mão certa/ Na contramão o meu sertão não vai ficar” e “Priorize esse projeto, seu doutor/ E deixe o rio desaguar”.
Flávio José destacou que, apesar da música se encaixar no atual momento, na verdade a canção foi composta há mais de 20 anos e gravada por Flávio, há 17 anos – no álbum “Seu Olhar Não Mente”, de 2000. Michel Temer pensou que os versos de Aracílio Araújo se referiam à sua gestão.

Com o blog do Gordinho



terça-feira, 21 de março de 2017

SALGADO DE SÃO FÉLIX

Governo homenageia agricultoras de Alagamar com realização de ações



Agricultores familiares do Assentamento Alaganar, integrantes do Projeto Ecoprodutivo, executado pelo Governo do Estado, por meio da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater, vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), e alguns parceiros, prestaram homenagem, na manhã desta segunda-feira (20), às mulheres ali residentes com a entrega de algumas ações que vão contribuir com a melhoria da qualidade de vida.
       
Foram repassadas cinco máquinas de costura para o grupo de 15 mulheres, que também receberam os certificados pela participação no curso de corte e costura realizado pelo Senar e Emater, entrega de Certidão de Aptidão do Produtor (DAP), distribuição de 105 mudas de Tuia, planta também conhecida como cedrinho, que tem efeitos medicinais e decorativos, brindes e anunciada a construção para em breve de dez barragens subterrâneas, numa parceria com a Prefeitura Municipal de Salgado de São Félix, com material doado pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar. A programação constou de palestra sobre os direitos da mulher e contou com a presença do Programa Saúde da Mulher da Prefeitura Municipal local.
       
Presente às homenagens, o diretor Técnico da Emater, Vlaminck Paiva Saraiva, destacou o trabalho que as mulheres realizam para o desenvolvimento da agricultura familiar, lembrando que estas desempenham um papel importante no desenvolvimento social. Ele justificou a ausência do presidente da Gestão Unificada, Nivaldo Magalhães, que não pode estar presente devido a compromisso administrativo.

O prefeito de Salgado de São Félix, Adjailson Andrade, parabenizou a Emater pela iniciativa de homenagear as mulheres agricultoras do Projeto Ecoprodutivo, reforçando o compromisso de continuar com a parceria com Emater na prestação de assistência aos agricultores do município. Também presentes ao evento o gerente regional da Emater em Itabaiana, Paulo Emilio, representantes do Banco do Nordeste, secretários da prefeitura local, servidores da Emater que acompanham as famílias ali residentes.

O Governo do Estado, por meio da Gestão Unificada, levou para o Projeto Ecoprodutivo de Alagamar diversas ações, destacando-se a recuperação de riacho com proteção de cerca de arame e plantação de mudas, distribuição de matrizes de caprinos e ovinos com cinco famílias para melhoramento genético do rebanho a partir de material produto das pesquisas da Emepa, disseminado com outros criadores, também ocorreu o Programa de Inseminação de Bovinos em 11 matrizes.

Uma das beneficiadas com o curso de corte e costura e as máquinas de costurar foi Maria Aparecida da Silva, que, depois de se aposentar como enfermeira, decidiu retornar para Alagamar. Destacou que estava tendo oportunidade de aumentar a renda familiar com uma ocupação profissional.  “É uma experiência nova que está sendo gratificante para todas as participantes do curso”, disse.

Secom

segunda-feira, 20 de março de 2017

Pilar programa mais uma edição da Semana Cultural José Lins do Rego

Prédio histórico onde funciona a Fundação Menino de Engenho

Com parceria entre a Fundação Menino de Engenho, SECULT-PB, Prefeitura de Pilar e SEBRAE, está sendo projetada mais uma edição da Semana Cultural José Lins do Rego, em Pilar. A programação deverá constar de atividades artístico-culturais em escolas e ambientes públicos.
O Secretário de Cultura do Estado, Lau Siqueira, participou de reunião nesta segunda-feira, 20, em Pilar, onde ressaltou a necessidade de dar visibilidade aos artistas e produtores culturais da região.
O escritor José Lins do Rego é considerado um dos maiores romancistas regionalistas da literatura nacional. "Menino de Engenho", seu romance inicial, tem como pano de fundo sua cidade, Pilar, focando a decadência do engenho de cana nordestino. “O moleque Ricardo será o anfitrião desta festa cultural”, disse Lau Siqueira, mencionando o personagem principal do livro de José Lins do Rego.