radio zumbi

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Obras de creche estão paradas em Pilar desde o primeiro mandato da atual gestora


A creche acima deveria estar funcionando há mais de sete anos, mas se encontra com suas obras paradas. O projeto foi aprovado desde o primeiro mandato da prefeita Virgínia Veloso. O Governo Federal libera os recursos para as prefeituras, e cabe às prefeituras repassar o dinheiro para as construtoras. Algumas empresas de construção dizem que receberam o dinheiro pela metade, outras nem receberam, em muitos municípios. Em Pilar, não se sabe o que aconteceu, porque não existem canais de comunicação do Poder Público com a sociedade e a prefeita pouco comparece ao seu expediente.
Em todo o Brasil deveriam ser 6.185 creches, mas só 1.004 estão prontas. O programado era que todas estivessem funcionando desde o início do ano. Outras 2.457, menos de 40%, estão em obras. Cada creche custa em média R$ 1,2 milhão. “Se gasta muito tempo e muitos recursos sem que as creches entrem efetivamente em funcionamento. Mostra claramente que o problema é de gestão”, afirma o presidente da ONG Contas Abertas, Gil Castelo Branco.
O MEC diz que fiscaliza, mas que tem limites. “Tem um ponto até onde podemos ir. Evidentemente o Governo Federal não vai lá e faz as obras. Não é uma obra do Governo Federal, é uma obra que tem recursos do Governo Federal, mas é feita pelas prefeituras”, afirma o secretário-executivo do MEC, Luiz Cláudio Costa.



Nenhum comentário:

Postar um comentário