sábado, 30 de abril de 2016

Funesc abre exposição com artista plástico de Itabaiana


A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) abre nesta quinta-feira (5), às 19h, a exposição “De Itabaiana à Catalunha”, de Otto Cavalcanti, na Galeria Archidy Picado. O horário de visitação é das 8h às 22h. A entrada é gratuita.
Otto Cavalcanti é um destacado artista plástico, representante das vanguardas das artes na Espanha, com reflexo em toda a Europa. Atualmente ele vive em Barcelona. Desde os anos 60, circula entre Londres, Paris e Madrid, expondo suas obras na maioria dos museus e instituições do velho continente.

Otto nasceu em Itabaiana, Estado da Paraíba, em 1930. A obra de Otto Cavalcanti é um mergulho no vasto universo pessoal do artista, um mundo que reflete as personagens e vivências brasileiras, ecos de sua adolescência na próspera Itabaiana dos anos 40. Suas telas apresentam um estilo fantástico e irreal.  Na Espanha é chamado de “El gran Maestro brasileño”.

A exposição “De Itabaiana À Catalunha” compõe a programação especial da Sociedade Amigos da Rainha do Vale do Paraíba e da Academia de Cordel do Vale do Paraíba durante o mês de aniversário da cidade natal do pintor, comemorando ainda o primeiro ano de atividades da Academia.

Agevisa reúne municípios do roteiro da tocha olímpica e discute estratégia de prevenção de riscos

Representantes das Vigilâncias Sanitárias dos municípios de Pedras de Fogo, Itabaiana, Campina Grande, Guarabira, Sapé e Mamanguape, que integram o roteiro de passagem da tocha olímpica das Olimpíadas 2016 pela Paraíba, participaram de reunião promovida pela Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa/PB) com a finalidade de discutir as ações conjuntas de controle sanitário que devem ser realizadas para prevenir os riscos e proteger a saúde das pessoas durante a realização dos eventos.

Na Paraíba, as ações de proteção à saúde das pessoas nos períodos pré, durante e pós-passagem da tocha olímpica envolvem, além da Agevisa, vários outros órgãos da administração estadual, dentre os quais as Vigilâncias em Saúde e Ambiental, órgãos ligados à Secretaria de Estado da Saúde; e a determinação é estabelecer parceria direta com os municípios para a realização de operações conjuntas e eficientes no sentido de prevenir e proteger a população dos riscos comuns aos eventos de massa, segundo ressaltou a diretora-geral da Agevisa/PB, Glaciane Mendes.

A dirigente informou que a tocha olímpica, que percorre o Brasil rumo à cidade-sede das Olimpíadas 2016 (Rio de Janeiro/RJ), onde chegará no dia 4 de agosto, passará pela Paraíba nos dias 2, 3 e 4 de junho. “No primeiro dia a tocha percorrerá as principais vias das cidades de Pedras de Fogo, Itabaiana e Campina Grande. No segundo dia passará por Guarabira, Sapé e João Pessoa. No terceiro e último dia (04/06) estará na cidade de Mamanguape, de onde seguirá para o vizinho Estado do Rio Grande do Norte”, observou.

Ela ressaltou também que, por se tratar de um evento de massa, a passagem da tocha olímpica deverá reunir um elevado contingente de pessoas em todos os municípios integrados ao projeto, inclusive nas cidades paraibanas, fato que aumentará consideravelmente os riscos de transmissão de doenças infecciosas e de surtos, o que exige dos órgãos governamentais a adoção de ações que permitam a identificação, monitoramento e respostas rápidas às possíveis situações de risco à saúde das pessoas.

Nesse cenário, Glaciane Mendes ressaltou a importância do papel da Vigilância Sanitária e enumerou alguns elementos importantes que devem ser observados, dentre os quais o apoio dos gestores às ações desenvolvidas; o fortalecimento da capacidade de resposta da Vigilância Sanitária; a integração com outras áreas da saúde, principalmente com as áreas Epidemiológica e Ambiental; o reconhecimento do papel da Visa pelos demais órgãos, e o aprimoramento da Comunicação e do Gerenciamento de Risco para os grandes eventos (serviços de saúde, alimentos e laboratório).

Ações de controle sanitário - Conforme observou a diretora-geral da Agevisa/PB, é recomendado a todas as pessoas, entidades e órgãos envolvidos (órgãos governamentais e não governamentais; pessoas responsáveis pelo evento; organizadores, empresas ou empresários contratados etc.) o estabelecimento de medidas de prevenção dos riscos à saúde, reduzindo a probabilidade de eventos negativos e assegurando o cumprimento dos requisitos necessários à garantia da qualidade dos serviços ofertados, merecendo atenção especial as áreas de alimentação, prestação de serviços de saúde, oferta de água potável, coleta e destinação de resíduos sólidos, controle de pragas, coleta e destinação de efluentes sanitários, e de limpeza e desinfecção (quando couber).

Na reunião com os representantes dos municípios, que teve também a participação da gerente executiva de Vigilância em Saúde do Estado, Renata Valéria Nóbrega, do gerente da Vigilância Ambiental, Geraldo Moreira Menezes, da gerente técnica da Agevisa/PB em Guarabira, Ana Lúcia Teixeira, e de outros diretores e gerentes setoriais da agência reguladora estadual, Glaciane Mendes apresentou uma série de recomendações que devem ser observadas e que constam da Nota Técnica nº 04/2016, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Emergências em Vigilância Sanitária, segundo a diretora-geral da Agevisa/PB, podem ser notificadas via Rede de Emergências em Saúde (CIEVS) ou diretamente para o Centro de Gerenciamento de Informações sobre Emergência em Vigilância Sanitária (eVISA), por intermédio dos telefones do plantão (83) 9.8842-8263 (Agevisa/PB) e (61) 9522-6064 e 9965-7625 (Anvisa).


Inspeções prévias – Glaciane Mendes também ressaltou a recomendação no sentido de que devem as Vigilâncias Sanitárias realizar inspeções sanitárias prévias nos possíveis locais de hospedagem (hotéis/pensões/albergues/hospedarias) onde a equipe responsável pelo deslocamento da tocha irá pernoitar; fiscalizar previamente os locais de montagem dos eventos festivos, e adotar a fiscalização sanitária relativa ao controle doAedes aegypti.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Salgado de São Félix recebe mudas de árvores nativas


A Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca já distribuiu de janeiro a abril 8 mil mudas de plantas nativas, medicinais e frutíferas.
Os municípios beneficiados foram Remígio, Salgado de São Felix e Damião. Também receberam mudas os assentamentos Oziel Pereira e Alagamar.
A ação faz parte do Projeto Eco Produtivo que contribui com a preservação das nascentes e matas ciliares, respeitando o bioma de cada região. 

“É um projeto que tem a participação direta das comunidades, por isso faz bem à natureza e às pessoas envolvidas”, diz o secretário Rômulo Montenegro. 

O gerente de produção agropecuária, Pedro Madruga, informa que as Prefeituras e cidadãos podem receber mudas gratuitamente para colaborar com o plantio. A distribuição é feita na sede do Parque de Exposição Henrique Vieira de Melo na BR 230, em João Pessoa.  

A solicitação tem que ser feita por oficio endereçado ao gabinete do secretario Rômulo Montenegro, que encaminha os pedidos à Gerência de Produção. “Há árvores frutíferas, medicinais, ornamentais e espécies nativas da Caatinga”, afirma Pedro Madruga. 

“É uma boa iniciativa essa distribuição de mudas. Me interesso e ainda peço aos vizinhos que plantem também, assim teremos uma cidade bem cuidada e arborizada”, diz José Cesário, morador do município de Damião, que recebeu mudas de ipês amarelo e rosa e de pau-brasil.


PILAR

Benício Neto prestigia homenagem a pilarenses em João Pessoa

Benício Neto com a enfermeira Iraides Simões, uma das homenageadas

O médico Benício Neto esteve na Fundação Casa de José Américo, em João Pessoa, nesta segunda-feira, 25, onde foi prestigiar a entrega do Prêmio Leonilla Almeida a quatro cidadãs de Pilar. “O prêmio é um reconhecimento ao trabalho dessas mulheres que, embora em condições adversas, têm vasta história social de contribuição para a comunidade”, afirmou ele.
Receberam o Prêmio Leonilla Almeida as ativistas sociais e culturais Maria Alves, Iraides Simões, Andrea do Monte e Danielly Gomes, esta última representando a comunidade de Jacaré, zona rural do município.
José Benício Neto, o Benicinho, é pré-candidato a prefeito de Pilar. Ele é neto de Zé da Silva e dona Dalva, lideranças políticas locais, e filho de Zé Benício, ex-prefeito, terá sua primeira experiência como político, amparado pelo prestígio e a herança de votos da família.
O Prêmio Leonilla Almeida é promovido pela Sociedade Amigos da Rainha do Vale do Paraíba, em Itabaiana. Pela primeira vez, a solenidade é realizada em outra cidade, João Pessoa, focando lideranças sociais de Pilar. No próximo ano, é intenção da comissão que organiza o Prêmio realizar a cerimônia em Juripiranga ou Mogeiro. “Dessa forma vamos regionalizar o Prêmio Leonilla Almeida, que já é uma referência no movimento feminista paraibano”, disse Dalmo Oliveira, jornalista que faz parte da comissão.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Professora pública conduzirá a tocha olímpica em Itabaiana

Aos 64 anos, a professora Telma Lopes (foto) se surpreendeu ao receber a notícia de que seria uma das condutoras da Tocha Olímpica Rio/16 na cidade de Itabaiana. “Até porque não me inscrevi, foi indicação”, disse ela.

Desde 1974, Telma Lopes atua em escolas pública, ministrado aulas de História e Geografia. Fo gestora da Escola Municipal Professora Marieta Medeiros por dez anos e, após se aposentar, assumiu a coordenação pedagógica da rede municipal de ensino. “Vejo que ainda é no interior da escola que podemos transformar a sociedade, motivo pelo qual, sempre atuei pautada pelo princípio da ética, da dedicação e do comprometimento em prol de uma educação que mantivesse o estudante informado de que ele é o verdadeiro protagonista do sistema ensino aprendizagem”, afirmou Telma.

A professora Telma será vista pelo mundo inteiro através da mídia agregada às Olimpíadas, mas ela não descuida do olhar em torno de sua comunidade. “Quanto a essa cerimônia milenar, faço minhas as palavras do rei Jorge por ocasião da abertura da primeira olimpíada em Atenas em 1896: "Vida longa para Atenas, vida longa para a Grécia." Eu digo: “mais compromisso, mais zelo, mais horizontes, mais esperanças para o povo de Itabaiana do Norte!”

A tocha olímpica chega à Paraíba no dia 2 de junho, passando por Pedras de Fogo, Itabaiana e Campina Grande. No dia seguinte, ela segue para João Pessoa, passando ainda por Guarabira, Mamanguape, Sapé e Santa Rita. Para o poeta e professor Antonio Costta, o evento não vai encobrir a “situação de abandono” em que se encontra a cidade. “Em vez da Tocha Olímpica passar por Itabaiana, eu preferiria que passasse por aqui a chama libertária da mudança.”, afirmou.

terça-feira, 26 de abril de 2016

Prefeito de Itabaiana promete pagar aos professores amanhã


O prefeito Antonio Carlos de Melo Júnior (PMDB) disse que o pagamento dos professores será processado nesta quarta-feira (27)

Os profissionais da educação estão dispostos a manter paralisação em decorrência do atraso dos salários, conforme determinação do Sindicato da categoria. “O sindicato não descansará até que todos os direitos dos servidores de Itabaiana sejam respeitados”, disse Raimundo Miguel, da direção da entidade de classe.

Fontes da Prefeitura alegam que a crise econômica impede que a Prefeitura atualize os salários. “A crise econômica que vem se arrastando no Brasil continua afetando todos os setores, incluindo prefeituras de todo o país”, afirmou um servidor da prefeitura local. Segundo ele, o Fundo de Participação do Município (FPM), principal fonte de recursos da prefeitura, "tem sofrido brutal diminuição, abalando as receitas municipais.

domingo, 24 de abril de 2016

Rádio Tabajara transmite entrevista com poetas itabaianenses nesta manhã de segunda-feira (25)

Os poetas Sander Lee e Thiago Alves, ambos de Itabaiana, membros da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, concedem entrevista ao programa “Jornal Estadual” da Rádio Tabajara da Paraíba (AM e FM), a partir das 6 horas da manhã desta segunda-feira (25)
 Sander Lee fala do evento de hoje na Fundação Casa de José Américo, em comemoração ao primeiro aniversário da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, evento que conta com a parceria do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar, de Itabaiana.
 Na programação, consta solenidade de lançamento do selo comemorativo da Academia pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, entrega do Prêmio Leonilla Almeida a diversas mulheres da região de Itabaiana e homenagem à atriz Zezita Matos, poeta Bernardina Freire e professora Beth Baltar, que receberão diploma de honra ao mérito cultural.
 Na ocasião, o poeta Thiago Alves lançará seu livro “O ego arrebatado” e abrirá a exposição com quadros de sua autoria. A solenidade será abrilhantada por grupo folclórico de Pilar, da Quadrinha Junina Coronel Zé Lins, e pelo músico Magno Carvalho.
 A rádio Tabajara da Paraíba transmite na frequência 1.110 (AM) e 105.5 (FM). Pela internet: http://radiotabajara.pb.gov.br/


Atriz Zezita Matos recebe homenagem da Academia de Cordel do Vale do Paraíba

A atriz Zezita Matos será homenageada pela Academia de Corel do Vale do Paraíba com diploma de honra ao mérito cultural, em solenidade marcada para esta segunda-feira, 25 de abril, às 19 horas, na Fundação Casa de José Américo, em João Pessoa.
A “Dama do teatro paraibano” é conhecida nacionalmente por seus espetáculos teatrais e por sua marcante participação no cinema nacional e regional, em mais de cinquenta anos de carreira. Atualmente, ela atua na novela “Velho Chico”, da TV Globo.
Zezita Matos nasceu em Pilar, na zona da Mata paraibana, cidade que também será destacada na noite desta segunda-feira através de mulheres que receberão o Prêmio Leonilla Almeida pela sua atuação na comunidade. O Prêmio Leonilla Almeida é entregue todos os anos a um grupo de mulheres atuantes na vida social e cultural, com ações em defesa da dignidade do ser humano. Neste ano, serão homenageadas a enfermeira Iraides Simões, a folclorista Maria Alves e as líderes comunitárias Andrea do Monte e Danielly Gomes, além da cabeleireira Shayane Silva, de Itabaiana.

Leonilla Almeida é uma itabaianense que lutou nos anos 30 por ideais socialistas e foi presa, juntamente com seu esposo Epifânio, pelo regime do Estado Novo de Getúlio Vargas. Confinada na Ilha Grande, Leonilla Almeida acabou como personagem do romance “Memórias do Cárcere”, de Graciliano Ramos.

Na mesma solenidade, receberão diplomas de honra ao mérito cultural a poeta Bernardina Freire, da Academia Feminina de Letras da Paraíba, e a professoras Beth Baltar. O evento também programa lançamento de selo comemorativo do primeiro ano de aniversário da Academia e do livro “O ego arrebatado”, do poeta e artista plástico Thiago Alves, que abrirá sua exposição com trabalhos em acrílico.
Na programação, ainda constam apresentações do cantor, ator e violonista Magno Carvalho e do grupo folclórico da Quadrilha Coronel Zé Lins, de Pilar.


sexta-feira, 22 de abril de 2016

Poeta de Guarabira concede entrevista ao programa “Alô comunidade” neste sábado



O poeta e artista plástico Márcio Bizerril (foto) estará ao vivo no estúdio da Rádio Tabajara da Paraíba AM neste sábado, 23 de abril, às 14 horas, em João pessoa, participando do programa “Alô comunidade”, o único no Brasil com temática sobre comunicação alternativa transmitido por uma rádio pública. Bizerril será sabatinado pelos radialistas Fábio Mozart e Dalmo Oliveira, da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, âncoras do programa.

Márcio Bizerril, “o poeta das cores”, participou da vida cultural de sua cidade, Guarabira, em sua fase mais efervescente. Atualmente reside em João Pessoa. Ele leva sua arte como poeta de cordel para escolas, dando palestras em praça pública e onde tiver espaço para um artista popular mostrar seu talento e seu amor pela cultura.

O programa é retransmitido por um “pool” de emissoras comunitárias e rádio-postes, além de blogs e sites na internet, como forma de diminuir o descompasso entre o receptor (a sociedade) e sua realidade, já que a mídia tradicional “não atende aos interesses comunicacionais das pequenas comunidades”, segundo Dalmo Oliveira. 
“Alô comunidade” é um programa da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares em parceria com a Rádio Tabajara da Paraíba AM – Ponto de Cultura Cantiga de Ninar, Coletivo de Jornalistas Novos Rumos, Sociedade Cultural Posse Nova República.
Produção e apresentação de Dalmo Oliveira, Fábio Mozart, Beto Palhano e Marcos Veloso. Sonoplastia de Maurício Mesquita.

Ouça em tempo real a partir das 14 horas pela Rádio Tabajara da Paraíba AM (1.110) ou na internet pela Comunitária Zumbi dos Palmares:


Ou pelo site da Rádio Tabajara da Paraíba AM (1.110 KHZ):


Pode ser ouvido nos blogs

Prefeitura de Caldas Brandão/PB está finalizando construção de escola-modelo


Os moradores do Distrito de Cajá, no Município de Caldas Brandão, situado no agreste paraibano, estão mais próximos de usufruir da escola-modelo que está sendo construída na Vila Nova. É que a prefeitura está concluindo as obras da unidade, que deverá atender cerca de 200 estudantes.
A escola modelo está sendo construída com recursos do FNDE em parceria com a prefeitura do Município e terá 04 salas com capacidade para atender cerca de 200 alunos, além de uma ampla infraestrutura que inclui área de serviço, administração, e área de recreação, bem como, sala de informática e biblioteca.
Para a prefeita Neuma Rolim, a construção da escola modelo será fundamental para a melhorar ainda mais a educação do município. “Essa escola é um verdadeiro sonho para a comunidade e que está sendo realizado a partir de mais uma grande parceria do Governo Federal com nossa administração”, explicou a gestora caldasbrandense.
Já para o Secretário Municipal da Educação, José Otávio, a expectativa é que a escola modelo seja concluída até o final do próximo mês. “Estou muito feliz em ver mais uma obra sendo realizada, e também porque o governo da Prefeita Neuma sempre tem buscado trabalhar pensando no futuro, no crescimento do município. Esta obra é um marco na administração de Caldas Brandão e acreditamos que esse investimento, poderá oferecer uma estrutura exemplar para a comunidade”, disse José Otavio.

ExpressoPB

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Caldas Brandão lidera número de candidatos para o Conselho Estadual de Cultura na 12ª Regional

A cidade de Caldas Brandão inscreveu quatro candidatos para a eleição do Conselho Estadual de Cultura, com um candidato de Gurinhém e uma candidata de São José dos Ramos. A cidade de Itabaiana, que sediou a inscrição dos candidatos, não teve nenhum candidato inscrito. As plenárias eleitorais serão realizadas no dia 6 de maio, com divulgação do resultado final no dia 12.
De Caldas Brandão registraram candidatura Gean Quirino Dias, que é do movimento de quadrilhas juninas, Marcos Antonio da Silva e Maxcilano Santana de Paiva, ambos também da Liga das Quadrilhas. O representante de Gurinhém é Olavo Barreto de Sousa, escritor. De São José dos Ramos, Maria Laura de Albuquerque se inscreveu, tendo como trabalho no campo cultural a coordenação do Festival de Aboio.
A coordenadora do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar, de Itabaiana, Renaly Oliveira declarou que não se inscreveu porque considera seu currículo ainda muito ‘pobre’. “Eu tenho esperanças de que, um dia, venha a ser formado o Conselho Municipal de Cultura em Itabaiana”, finalizou. 

Sobre o Conselho – Compete ao conselho cumprir os objetivos, apreciar e deliberar as propostas de implementação do Plano Estadual Cultura; aprovar os planos setoriais, cuja finalidade é promover a gestão democrática da cultura; propor medidas de estímulo, fomento, amparo, valorização, difusão, descentralização, democratização e gestão compartilhada da cultura; Vale salientar que as câmaras setoriais garantem a representatividade do conselho ampliando o reconhecimento institucional da entidade.


quarta-feira, 20 de abril de 2016

Violonista Magno Carvalho abre exposição de artistas itabaianenses em João Pessoa

Magno Carvalho

O violonista Magno Carvalho participa da abertura da exposição que reúne os artistas plásticos Otto Cavalcanti e Thiago Alves. O evento marca o primeiro aniversário da Academia de Cordel do Vale do Paraíba e lançamento do livro “O ego arrebatado”, de Thiago Alves. Na oportunidade, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos lançará selo comemorativo da efeméride da Academia.

Magno Carvalho brindará os convidados com peças clássicas e populares. A intervenção musical terá lugar após a entrega do Prêmio Leonilla Almeida a diversas mulheres de Pilar e Itabaiana.

A exposição mostrará 15 quadros de cada artista, trazendo um panorama da criação de Otto Cavalcanti e Thiago Alves, apresentando telas inéditas. O trabalho de Otto Cavalcanti tem como referencial sua terra, Itabaiana, com alguns trabalhos feitos exclusivamente para a exposição, que é a primeira do consagrado artista na Paraíba.

A exposição fica aberta nesta segunda-feira, 25 de abril, até o dia 29. O evento terá lugar na Fundação Casa de José Américo, a partir das 19 horas, na praia do Cabo Branco, em João Pessoa. 

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Presidente do PTN de Salgado de São Félix é o mais citado para vereador em enquete informal na internet

O empresário Carlindo Júnior (foto), de Salgado de São Félix, Presidente do Partido Trabalhista Nacional naquela cidade, foi o nome mais citado em enquete informal promovida pelo site www.vereador2016.com

A enquete destaca que não é pesquisa eleitoral, mas sim mero levantamento sem método científico. Além de Carlindo Júnior, foram citados como pré-candidatos a vereador: Toré de Nilton Salu, Marquinho, Flávio, Luciano, Da Paz, Toinho de Baé, Bruno Laurindo, Neto Pereira, Dona, José Zito, Cula de Alagamar e Missionária Ana Cleide.

Como mero levantamento de opiniões, sem controle de amostras, a enquete depende apenas da participação espontânea dos interessados. O site informa que há um controle de acessos por IP para buscar evitar repetições por 'robôs'. Avisa ainda que a enquete será eliminada antes que comece o período eleitoral, conforme a Lei nº 9.504/97.


domingo, 17 de abril de 2016

Câmara de Itabaiana tem espaço para manifestação dos cidadãos

Existe um canal de manifestação da população que quase nunca é lembrado. Trata-se da “Tribuna Livre”, criada pela Lei nº 407/2003 e sancionada pelo prefeito Sebastião Tavares. A ideia foi do ex-vereador Antonio Fernandes, como ferramenta do povo para o exercício da democracia. Durante as sessões ordinárias, a Câmara destina um tempo para que as entidades se manifestem sobre assuntos relevantes para a comunidade.

O espaço jamais foi utilizado, mesmo porque várias emendas desfiguraram tanto o projeto que a Tribuna Livre ficou mais para “tribuna controlada”. Só pode falar na tribuna o diretor de entidade representativa da sociedade. O assunto a ser tratado deverá ser comunicado à Mesa da Câmara com antecedência de oito dias e será submetida à prévia aprovação dos vereadores por maioria qualificada de dois terços. Cada orador terá apenas três minutos para expor seu ponto de vista. Se a conversa não agradar aos vereadores, o Presidente da Câmara cassará a palavra do orador, “trazendo a ordem para o recinto”, conforme está escrito na lei.

O objetivo de dar voz às pessoas não poderá ser atingido, diante de tantas obstruções. A tribuna livre ficou apenas na intenção do autor do projeto e jamais se concretizou como um canal de aproximação do Poder Legislativo Municipal com os cidadãos. “Três minutos para se pronunciar é brincadeira”, reclama um morador da cidade, que não quis se identificar. Para ele, a ‘casa do povo’ continua sendo “casa de conchavos e maquinações contra o povo, que não pode se pronunciar diretamente”. Quase que a totalidade da população desconhece esse mecanismo de participação na Câmara. 

sábado, 16 de abril de 2016

STJ nega recurso e manda prefeito de Mari/PB cumprir pena por fraude em licitação

Na tarde desta sexta-feira (15), o Ministro Rogerio Schietti Cruz, do Superior Tribunal de Justiça, negou recurso do Prefeito Marcos Martins (foto) do Município de Mari, na zona da mata paraibana, e acolheu o pedido do Ministério Público Federal, determinando que o alcaide mariense cumpra a sentença de dois anos e seis meses, por fraude em licitação.
De acordo com a decisão publicada no site do STJ, o Ministério Público Federal ao pedir a imediata execução provisória da pena aplicada ao prefeito Marcos Martins, tem como objetivo fazer cessar a autêntica chicana em que se converteu a grande quantidade de recursos interpostos pelo gestor mariense.
Ainda de acordo com a publicação do STJ, a defesa de Marcos Martins tentou contestar o pedido do MPF, alegando que determinar o início do cumprimento da pena antes do trânsito em julgado significaria impor um grave impedimento ao exercício do mandato, pois representaria a cassação da vontade popular.
Em sua decisão, o Ministro ressaltou que a demora na tramitação de todo o processo, desde a origem até o julgamento pela Corte, já teria resultado em benefício para o embargante (Marcos Martins), visto que foi impositivo o reconhecimento de causa extintiva da punibilidade (efeito da prescrição da pretensão punitiva apenas com relação ao crime de quadrilha).
Com a decisão, fica mantida a sentença da Juiza da Comarca de Mari, Drª. Ana Carolina Tavares Cantalice, que condenou Marcos Martins a 2 anos e seis meses de detenção, por fraudar a licitação que escolheu a empresa Advise Consultoria, responsável pela realização de certame público no Município no ano de 2002.
Como efeito da decisão, que prevê a suspensão dos direitos políticos daqueles que forem condenados por crimes, Marcos Martins deverá ser afastado do cargo de Prefeito do Município de Mari, sendo substituído pelo vice Jobson, bem como, não deverá concorrer às eleições de outubro deste ano.

ExpressoPB

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Itabaiana reinicia trabalho de Educação Emocional e Social nas escolas da rede estadual de ensino

Uma reunião entre gestores escolares e gerentes da Secretaria Estadual de Educação (SEE), em Itabaiana, marcou a retomada da Educação Emocional e Social no município. A reunião contou com a presença da secretária executiva de Gestão Pedagógica da Educação, Roziane Marinho, que destacou a importância da Metodologia Liga Pela Paz e seus avanços, como a redução de comportamentos violentos dos educandos e o desenvolvimento de suas competências emocionais e sociais. 
Há dois anos a metodologia, desenvolvida pela organização Inteligência Relacional, foi implantada nos municípios que compõem a 12ª GRE, com sede em Itabaiana, denominada Rainha do Vale da Paraíba, com aproximadamente 25 mil habitantes. Nesse período, muitas mudanças aconteceram no comportamento da comunidade escolar, de acordo com o depoimento de Andrea Valeska, coordenadora pedagógica da GRE. “Hoje temos uma maior presença da família na escola e no acompanhamento da aprendizagem dos seus filhos”, destacou a coordenadora.
“Este ano o Governo do Estado teve uma visão estratégica inovadora e desafiadora: a de desenvolver as competências emocionais e sociais de alunos pré-adolescentes (6º e 7º anos). A Metodologia Liga Pela Paz vai permitir que esses educandos trabalhem o comportamento dentro e fora de sala de aula, desenvolvendo suas questões individuais, de valores, que  permitirão com que eles passem por uma transformação que os ajudará bastante no processo de aprendizagem”, enfatizou Valeska.
O professor de Artes, Clécio Júnior, falou sobre a nova etapa de formação de educação socioemocional dos educadores, elogiando a iniciativa do Governo do Estado e destacando que o trabalho com as emoções, associado aos traços culturais da região, possibilitará maior aprendizado dos alunos, que se sentirão mais inseridos no contexto da comunidade. “Os adolescentes, nessa faixa etária, vivem experimentando situações de conflito, seja com os pais, na escola ou na comunidade. Tentam se reafirmar nesse seu círculo de relações. Com a Liga Pela Paz, os alunos passam a ter maior abertura para expressar, compreender melhor suas emoções, estabelecendo uma relação mais próxima, acolhedora e produtiva com o educador”, explicou Clécio.

O professor Antônio Marcos, docente de uma das escolas da cidade de Itabaiana (12ª GRE), expressou o sentimento dos educadores em relação à Metodologia Liga Pela Paz, exaltando os avanços por meio das relações interpessoais. Os resultados já comemorados desde 2014 fizeram crescer o otimismo de quem compartilha diariamente problemas levados à sala de aula por alunos que convivem com graves desafios socioemocionais na comunidade.  

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Sarau das Almas participa de evento no Memorial Augusto dos Anjos em Sapé


O Sarau das Almas está na programação do Memorial Augusto dos Anjos, em Sapé, cujos melhoramentos serão inaugurados no dia 20 de abril. Conforme Jairo Cézar, Secretário de Cultura do Município, serão entregues novo teto de madeira, bateria de banheiros, nova iluminação, escultura do poeta e uma nova forma de acolhimento aos visitantes.

O Sarau das Almas é um projeto que congrega os artistas participantes do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar. “É uma espécie de confraternização entre artistas, um evento cultural onde as pessoas se encontram para se manifestarem artisticamente. O sarau das almas junta almas boas, generosas e descontraídas para cantar, declamar poesia, tocar, comer pizza e até reclamar da vida, desde que de forma leve e descontraída. Sem neuras nem bandeiras”, explica Renaly Oliveira, uma das participantes. Ela explica que o nome vem da antiga grafia de Itabaiana, que era Tabaiana, “morada das almas” em tupi guarani, “porque aqui existia um cemitério dos índios cariris antes da colonização portuguesa.”

O Sarau já se apresentou em Juripiranga e outras cidades circunvizinhas, trabalhando também com estudantes nas escolas públicas, realizando oficinas de leitura e outras atividades artísticas. 

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Selo da Academia de Cordel tem arte de xilogravurista de Campina Grande


Originalmente talhada em matriz de Eucatex medindo 24,5 cm x 16 cm e estampada em papel 60 kg com dimensões de 29,5 cm x 21 cm, a xilogravura intitulada Retrato de Leandro Gomes de Barros já ilustrou folheto de cordel do projeto Paraíba Grandes Nomes, coordenado pelo artista Josafá de Orós. A arte estará no selo comemorativo do primeiro ano de existência da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, que será lançado oficialmente no dia 25 de abril, na Fundação Casa de José Américo, durante abertura de exposições de Otto Cavalcanti e Thiago Alves.  A arte do selo se deve ao jornalista Hugo Rafael e ao web designer dos Correios e Telégrafos.

A xilogravura de Josafá de Orós será impressa e ofertada à Fundação Casa de José Américo pelo autor, durante o evento que também marcará o lançamento do livro “O ego arrebatado”, de Thiago Alves, e a entrega do Prêmio Leonilla Almeida a mulheres que atuam no meio social e cultural em Pilar, Paraíba.


O gravurista Josafá de Orós é cearense, radicado em Campina Grande. Sociólogo, artista plástico, poeta, produtor cultural, assessor em projetos de desenvolvimento, diretor executivo da Fundação Universidade Camponesa, sócio dos Institutos Históricos do Cariri Paraibano e do município de Pocinhos, na Paraíba, ele é membro ativo da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, com sede na cidade de Itabaiana. “Para mim é uma honra reverenciar o nome do mestre criador do cordel brasileiro, Leandro Gomes de Barros, mas principalmente pela inestimável contribuição que deu o poeta pombalense à poesia brasileira,e agora se presta a homenagear a honrosa Academia de Cordel do Vale do Paraíba, uma vez que é dela também seu ilustre patrono”, afirmou Josafá.

terça-feira, 12 de abril de 2016

Alunos de colégio de Itabaiana visitam Assembleia Legislativa da Paraíba


A Assembleia Legislativa da Paraíba recebeu, na manhã desta sexta-feira (8), a visita de alunos do 4o ano do Colégio Nossa Senhora da Conceição, localizado na cidade de Itabaiana. O grupo de 40 estudantes e duas professoras assistiu a uma palestra no Plenário Deputado José Mariz sobre o papel do Poder Legislativo e conheceu as dependências da Casa e do Memorial da Assembleia.
 
Para o secretário Legislativo, Washington Aquino, que palestrou para as crianças, essas visitas são importantes para que elas possam conhecer o que são os poderes, o funcionamento das instituições e como se dá a representatividade.
 
“Elas começarem a compreender isso, entenderão o seu papel na sociedade, o grau de importância que têm nas decisões políticas do país. Hoje, nós vivemos uma crise política generalizada, mas há de se dizer que os políticos não são de Marte, vem do seio da sociedade, então é importante que a sociedade passe a entender como as instituições funcionam e passe a entender qual seu real papel dentro do Estado Democrático de Direito”, explicou o secretário.
 
Segundo a professora, Edith Natália, os alunos estão começando a estudar um pouco sobre a história da Paraíba e os  três poderes. “O nosso objetivo é fazer com que os alunos possam conhecer um pouco mais sobre a história da Paraíba e João Pessoa, como aqui na Assembleia funciona o Poder Legislativo consideramos importante trazê-los aqui para conhecer um pouco mais sobre o trabalho dos deputados”, comentou a professora.
 
Os estudantes demonstraram gostar da visita e, sentados nas cadeiras onde sentam os deputados da Paraíba, assistiram atentamente à palestra, fotografando e filmando todos os momentos e detalhes. A aluna Gabriele Lira, de 9 anos, mostrou ter aprendido bem a lição. “Eu gostaria de ser deputada para melhorar a vida das pessoas. Eu iria ajudar aos moradores de rua, dando casa e comida”, concluiu.


segunda-feira, 11 de abril de 2016

FNDE repassa R$ 400 milhões para alimentação e transporte escolar

A segunda parcela deste ano do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate) está disponível a partir desta quarta-feira (6) nas contas correntes de municípios, Estados e do Distrito Federal. Responsável pelos dois programas, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) transferiu aos beneficiários R$ 400,9 milhões na última segunda-feira (4).

Foram repassados R$ 347,6 milhões para apoiar a alimentação escolar de alunos da educação básica e R$ 53,3 milhões para ajudar no transporte de estudantes residentes em áreas rurais às escolas públicas do ensino básico. O montante transferido a cada beneficiário pode ser conferido no portal eletrônico do FNDE, em Liberação de recursos.

Os recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), de caráter suplementar, são liberados em dez parcelas, de forma a cobrir os 200 dias do ano letivo da educação básica. As secretarias da educação, que são responsáveis pelas redes de ensino, recebem os recursos e operam a alimentação escolar.

São atendidos pelo programa os alunos de toda a educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos) matriculados em escolas públicas, filantrópicas e em entidades comunitárias (conveniadas com o poder público), por meio da transferência de recursos financeiros. Um mínimo de 30% dos recursos transferidos deve ser utilizado na compra de produtos da agricultura familiar.

Transporte


O Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate), por sua vez, repassa recursos, também em dez parcelas, a Estados e municípios com estudantes da educação básica residentes na zona rural. A transferência é automática, sem necessidade de convênio, e os recursos devem ser utilizados no custeio de despesas diversas, como consertos mecânicos, compra de combustível ou terceirização do serviço de transporte escolar.


Fonte: FNDE

sábado, 9 de abril de 2016

Ponto de Cultura Cantiga de Ninar realiza segunda edição do projeto “Movimento Boa Praça” em Itabaiana

Voluntários do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar realizam atividades com crianças na praça


O projeto “Movimento Boa Praça”, realizado pelo Ponto de Cultura Cantiga de Ninar, está levando palestras, recreação, contação de histórias e brincadeiras para o público infantil em Itabaiana. O evento realizou sua segunda edição no dia 9 de abril, na Praça Epitácio Pessoa, com orientações sobre sustentabilidade e cultura para os pequenos, além de disponibilização de livros e gibis.

“Nossa primeira experiência foi bem humilde, com poucas crianças, mas ainda assim decidimos continuar com o projeto. Hoje, em nossa segunda reunião, vimos algo lindo acontecer: uma praça cheia de crianças se divertindo como crianças, não mais presas atrás de uma tela de televisão, computador ou celular. Vimos crianças brincando, correndo, jogando bola, lendo, pintando, se divertindo como nós nos divertíamos quando éramos crianças, e por isso nossa intenção é continuar sim, lutando pela cultura e desenvolvimento social”, disse Renaly Oliveira, coordenadora do projeto.

A iniciativa está tendo boa receptividade, com a segunda edição sendo bastante prestigiada por pais e crianças. “Parabéns a todos pela iniciativa e persistência em continuar. É um trabalho bonito, que produzirá excelentes frutos. Estarei lá no próximo”, disse Sérgio Gondim. “Lindo projeto. Passei lá hoje e vi a praça linda, com crianças brincando e sorrindo. Parabéns a todos do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar. É disso que nossas crianças precisam, e a comunidade necessita de pessoas como vocês”, afirmou Ceiça Cavalcanti. 



Meninada lê gibi no Movimento Boa Praça



Gestores municipais têm até maio para transferirem recursos da Assistência Social


Prefeituras que não se adequarem à nova medida até o próximo mês podem ter repasses suspensos

O prazo para os gestores municipais transferirem os recursos da assistência social para as novas contas vinculadas aos blocos de financiamento do Sistema Único de Assistência Social (Suas) se encerra na segunda quinzena de maio. As contas foram abertas pelo Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS) em janeiro.

As prefeituras precisam ativar a conta e atualizar os dados junto ao Banco do Brasil. Após isso, eles devem efetuar as transferências das contas antigas para as novas ou devolverem o valor ao FNAS. “Aqueles gestores que não tenham devolvido o saldo e nem tenham transferido o recurso para as contas vinculadas terão os repasses suspensos”, afirma a diretora do Fundo, Dulcelena Martins.

Dulcelena explica que apenas 53% dos municípios estão regularizados conforme a nova medida. “Estamos na expectativa do Banco do Brasil nos enviar a relação dos entes que ainda não fizeram a transferência do saldo. Estamos monitorando isso sistematicamente a fim de que nenhum gestor seja prejudicado.”

A regulamentação dos blocos de financiamento do Suas, publicada no final do ano passado, organiza o repasse em cinco blocos: Proteção Social Básica, Proteção Social Especial de Média Complexidade, Proteção Social Especial de Alta Complexidade, Gestão do Suas e Gestão do Bolsa Família. A medida, reivindicação antiga das gestões municipais, define que as contas bancárias sejam separadas, possibilitando uma melhor fiscalização pelos órgãos de controle e monitoramento mais preciso dos valores investidos em todo o país.


Fonte: MDS

sexta-feira, 8 de abril de 2016

MOGEIRO

Deputado acusa ex-prefeita e jogador Ailton de envolvimento em assassinato na região de Itabaiana
O deputado estadual Frei Anastácio (PT) denunciou, hoje (8), que o assassinato do presidente do PT de Mogeiro e assentado da reforma agrária, Ivanildo Francisco da Silva, de 46 anos, ocorrido na noite de quarta-feira (6), no assentamento Padre João Maria, em Mogeiro, pode ser um dos vários crimes encomendados por um grupo de proprietários de terras da região do Agreste. “É a volta do crime organizado no campo, por pessoas poderosas”, afirmou o deputado. O deputado acusa um grupo de fazendeiros, entre eles um desembargador, de pagar os capangas  que matou o petista.
Frei Anastácio acrescentou que “temos informações de que existe um grupo arquitetado para impedir a luta pela terra na região do Agreste paraibano. Atualmente há um grupo de capangas fortemente armados atuando nos municípios de Mogeiro, Itabaiana e São José dos Ramos. Eles estão sendo pagos por um grupo de cinco proprietários rurais desses municípios”, denunciou o deputado.
Proprietários que formam o grupo – De acordo com o parlamentar, “o grupo é formado pelos proprietários José Guilherme, dono da fazenda Paraíso; José Otávio Silveira, proprietário da fazenda Fazendinha; o jogador de futebol Ailton, de Mogeiro, além de Maria Luiza, dona da fazenda Salgadinho (ex-vice-prefeita de Mogeiro), Alexandre de Miranda, que comprou uma parte da fazenda Salgadinho e o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da Paraíba, Paulo Américo Maia Filho, dono da fazenda Pau a pique, em São José dos Ramos”, denunciou o deputado.
O parlamentar acrescentou que todos esses nomes já foram entregues às autoridades para que sejam investigados. Frei Anastácio disse ainda que na tarde de quarta-feira (6), Ivanildo e outras lideranças haviam realizado reunião com a assessoria jurídica da Comissão Pastoral da Terra (CPT), para relatar toda organização criminosa.
“A assessoria jurídica estava elaborando um documento que seria encaminhado ao nosso mandato, ao mandato de Luiz Couto, além das autoridades estaduais e federais. Mas, na noite da quarta-feira (6), os pistoleiros começaram a agir e tiraram a vida de Ivanildo”, denunciou.
O deputado relatou que os pistoleiros arrombaram a porta dos fundos da casa de Ivanildo, que assistia televisão com sua filha de um ano e meio. A perícia mostrou que o trabalhador ainda chegou a correu para a porta da frente, para tentar escapar,mas foi atingido com um tiro de revólver, ou pistola, e um disparo de espingarda calibre 12 na parte superior da cabeça.
O corpo de Ivanildo foi encontrado por volta das 7h, caído para o lado de fora da porta da frente. A filhinha dele passou a noite ao lado do corpo e foi resgatada por um vizinho toda suja de sangue. Ela não tem ferimentos e está bem.
Perseguição e prisão – De acordo com o deputado, Ivanildo foi um dos oito trabalhadores da antiga fazenda Mendonça,em Mogeiro – hoje Assentamento Dom Marcelo – que ficaram 19 meses presos entre abril de 2002 e dezembro de 2003, acusados injustamente de terem atentado contra a vida do policial civil Sérgio Azevedo.Esse policial era líder de capangas na região de Itabaiana. Ivanildo e os outros foram julgados em 2015 pelo Tribunal do Júri de João Pessoa e absolvidos por unanimidade.
“Em outubro do ano passado, Ivanildo e outros cinco agricultores da fazenda Salgadinho, no município de Mogeiro, foram feridos a tiros de espingardas 12 e revólveres 38 por capangas pagos pelos proprietários da terra, quando realizavam um mutirão. Os capangas foram presos e depois soltos, depois de pagamento de fiança. Não temos dúvidas de que a morte de Ivanildo é fruto da atuação de crime organizado na região do agreste”, disse o deputado.