segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Escritor paraibano adere à campanha de doação de livros da Academia de Cordel

A Academia de Cordel do Vale do Paraíba e a Sociedade Cultural Poeta Zé da Luz intensificam neste final de ano a mobilização para arrecadar livros usados de literatura (livros técnicos e didáticos estão fora da campanha) para distribuir entre comunidades carentes, bibliotecas públicas e bibliotecas de escolas, além de aumentar o acervo do projeto Biblioteca Viva, que expõe livros para troca em ambientes públicos.
A proposta tem boa receptividade e recebido incentivo de escritores paraibanos, entre eles Tião Lucena, que disponibilizou vários títulos de seu acervo para o projeto. As pessoas que quiserem doar livros para a campanha podem entrar em contato com Sander Lee, Presidente da Academia de Cordel, pelo celular (83) 99628-4756. “A ideia é compartilhar conhecimentos e valorizar a solidariedade, um valor também transmitido pelo projeto”, afirmou Sander Lee.

Tião Lucena (foto) é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá. É autor de vários livros, entre eles “A guerra de Princesa”. “Peste e cobiça” e “Acima de qualquer suspeita – o lado engraçado dos políticos”. 

domingo, 30 de outubro de 2016

Academia de Cordel firma parceria com CBTU e atelier para difusão do livro e saraus poéticos

O diretor de finanças da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, Thiago Alves, e o Presidente Sander Lee, anunciaram a formatação de duas importantes parcerias em João Pessoa, com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos e o Atelier de Jurandir Maciel, localizado no centro histórico da capital paraibana. Com a primeira, a Academia deverá implementar o projeto Biblioteca Viva, para os usuários dos trens de passageiros que fazem o percurso Cabedelo a Santa Rita, disponibilizando livros usados para troca, além de um programa de passeio literário, o “Trem poético”, com viagem no trem VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) no roteiro, culminando com parada na  praia do Jacaré, em Cabedelo, onde se realizará sarau poético com cânticos e declamações, além de exposição de folhetos e gravuras dos artistas acadêmicos, inclusive nas estações de paradas.
No atelier de Jurandir Maciel, a proposta é realizar também saraus poéticos e exposições de mestres gravuristas ligados à Academia, a exemplo de Josafá de Orós, de Campina Grande. “O escultor Jurandi Maciel é um artista comprometido com a difusão do belo no seu atelier em frente ao Hotel Globo, que é visitado por turistas de toas as partes do Brasil. É lá que iremos realizar saraus poéticos e exposição de cordéis, numa parceria fechada nesta quarta-feira, 26 de outubro, que foi muito proveitosa para a Academia, pois firmamos também consórcio com a CBTU que será muito interessante para a difusão do livro e da literatura de cordel”, disse Sander Lee.
O artista plástico escultor J. Maciel é pernambucano do Recife. Iniciou sua trajetória profissional na década de 1980, quando conceituou todo o seu trabalho na preservação ao meio-ambiente através do desenvolvimento sustentável.

O escultor é o autor do painel artístico, em alumínio reciclado, intitulado “Nossa Cultura”, situado no prédio anexo da Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas. A obra interage com o edifício central da Assembleia Legislativa e com todo o conjunto arquitetônico secular local. No painel de 49 desenhos foram utilizados cerca de 30 toneladas de alumínio reciclado artesanalmente e transformado em arte figurativa inspirada no Cordel. Em 2010, o escultor realizou a estátua de Nossa Senhora da Penha com seis metros de altura, instalada na lateral do Santuário da Penha, em João Pessoa/PB (monumento em alumínio reciclado fundido). Ainda em João Pessoa, o artista esculpiu, em 2009, o poeta Livardo Alves num banco de praça (tudo em bronze); em 2010, esculpiu em bronze, o poeta popular Caixa D’água, escultura instalada no Centro da cidade; em 2011, esculpiu em bronze, “O Rei do Ritmo” Jackson do Pandeiro, escultura instalada n’O Ponto de Cem Réis, no coração da capital paraibana; no ano de 2014, esculpiu, também em bronze, Augusto dos Anjos – o poeta do “Eu”, no tamanho natural, instalada na Academia Paraibana de Letras; e, mais recentemente, esculpiu também em bronze o escritor, poeta e dramaturgo Ariano Suassuna e um portal em alumínio fundido para compor o hall de entrada do teatro Pedra do Reino no Centro de convenções de João Pessoa. 

sábado, 29 de outubro de 2016

Juripiranga tem projeto para reforma do mercado público

Prefeito Paulo na Suplan, tratando da reforma do mercado

O prefeito de Juripiranga, Paulo Dalia, em reunião com a Superintendente da Secretaria de Planejamento do Estado da Paraíba, acertou detalhes para planejar o início da reforma do mercado público daquela cidade, obra orçada em mais de um milhão de reais, através de convênio com o Governo estadual.

Os permissionários e a população da cidade aguardam ansiosos a concretização desta obra de reforma do Mercado Público Municipal, atualmente apresentando problemas estruturais e precárias condições de higiene. O espaço público localiza-se no centro da cidade já serviu de palco para ações culturais, como exibições de filmes e teatro, além de manifestações folclóricas. O equipamento faz parte do patrimônio histórico da cidade.

Com a reforma, a prefeitura espera entregar um mercado reformado nas partes interna e externa, onde serão realocados boxes e implantadas melhorias na estrutura geral. A obra trará benefícios para população e para os comerciantes, que terão um local dentro das normas estabelecidas pela Vigilância Sanitária.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Sebrae realiza seminário para discutir desenvolvimento territorial em Itabaiana


O Sebrae anuncia para 17 de novembro próximo, no Maison Finesse, seminário de desenvolvimento territorial sustentável, para promover uma rede de cooperação público e privado, visando o desenvolvimento da região do Vale do Paraíba, a partir de Itabaiana, com foco especialmente no turismo.

O itabaianense Walter Aguiar, superintendente do Sebrae, convocou a sociedade local e lideranças dos municípios vizinhos para o evento. “Em tempos difíceis, como o que estamos passando em alguns setores, o Sebrae faz o seu papel, que é o de articular e tentar unir todos os setores da sociedade para trabalhar juntos um plano de desenvolvimento sustentável”, frisou.

Walter aposta no potencial econômico do Vale do Paraíba que será estimulado com a transposição do Rio São Francisco. O projeto do governo Federal beneficiará toda a região, segundo o superintendente, porque ligará o Vale do Paraíba ao do Gramame. Como uma cidade com vocação ao cultivo de camarões, Itabaiana se prepara para incrementar este setor, além dos outros da agricultura familiar.

A Academia de Cordel do Vale do Paraíba, juntamente com a Sociedade Amigos da Rainha do Vale do Paraíba, estarão presentes ao evento, com exposição de painéis e estantes de livros de autores locais, xilogravuras e artesanatos da região, além de mostra de quadros dos pintores itabaianenses Thiago Alves e Otto Cavalcanti.


quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Cidades do vale do Paraíba querem investir em turismo e formar tripé de desenvolvimento sustentável

Os prefeitos eleitos de Itabaiana, Juripiranga e Pilar, no agreste da Paraíba, Lúcio Flávio, Paulo Dalia e Benício Neto, respectivamente, pretendem implementar um projeto regional de desenvolvimento sustentável baseado principalmente no turismo. Por coincidência, os três prefeitos que tomarão posse em janeiro de 2017 são profissionais médicos que resolveram se dedicar à política para soerguer seus municípios, todos filiados ao partido do Governador Ricardo Coutinho, o PSB.
Paulo Dalia, de Juripiranga, e Lúcio Flávio, de Itabaiana

O plano, a princípio, é movimentar o setor de turismo em diferentes segmentos, com apoio do Governo do Estado e do Sebrae, intensificando as atividades de micro e pequenas empresas que atuam, especialmente, em atividades de gastronomia, hospedagem, agenciamento de viagens, consultoria turística, transportes e artesanato. Para isso, as prefeituras deverão formatar um amplo projeto, contando com adesão de instituições públicas e privadas como associações de classe, agentes culturais, empresários e a população em geral. Conforme opinião de técnicos do setor, os atrativos turísticos, belezas naturais e culturais são importantes, mas por si só não trazem o resultado esperado. Sendo assim, com a manutenção de toda a rede de forma cooperativa, pode-se em médio prazo construir uma rede de serviços nos municípios da região, beneficiando a toda cadeia produtiva.
Na cidade de Itabaiana, já se verifica um pequeno avanço no setor, com oferta de novos leitos e projetos de iniciativa particular que apostam no turismo cultural e de aventuras, a exemplo da “Trilha das Almas” que está promovendo passeio nas cidades de Itabaiana e Salgado de São Félix. 
Conforme projeto das prefeituras, a partir de janeiro teremos um evento por mês nas três cidades interligadas, como trilhas, arvorismo, cavalgadas, gastronomia, música e esportes de aventura em geral. Uma das cidades que poderão fazer parte dessa cadeia é Ingá, onde já existe um projeto em andamento através da Secretaria de Turismo local, com a utilização da malha ferroviária.  “É hora de investir na região”, acredita Vavá da Luz, secretário de turismo de Ingá.


terça-feira, 25 de outubro de 2016

Sem combustível em ônibus, alunos de Areial e Mogeiro não vão à escola nem faculdade


Estudantes de Areial e Mogeiro, cidades do agreste paraibano, estão passando por “maus bocados”. As prefeituras não pagaram aos fornecedores de combustíveis e o efeito causado foi os ônibus paralisados e alunos prejudicados.
Em Areial, o contador Carlos Henrique, de 31 anos, disse que o município encontra-se em estado de calamidade. Carlos informou que os ônibus escolares não estão circulando por falta de combustíveis.
Ainda em Areial, nossa equipe conversou com a estudante Vivineide Martins, de 35 anos, que precisa do transporte escolar semanalmente para se deslocar para o município de Lagoa Seca, onde finaliza o curso de Agroecologia. A estudante informou que o transporte escolar não estaria realizando o percurso por falta de combustível. “Infelizmente hoje não fui, pois fui comunicada que não teríamos ônibus por falta de combustível”, denunciou.
Já em Mogeiro, a dona de casa Maria Venâncio, 36 anos, diz que além da falta de combustível, a prefeitura ainda não pagou alguns concursados da educação. “Tenho certeza que isso vai prejudicar muito as crianças, porque se elas ficarem sem aula, não têm como aprender. Mesmo que aprendam em casa, não é igual ao ensino da escola, as crianças vão ser prejudicadas mais na frente”, reclama.
O prefeito de Mogeiro, Antonio Ferreira (PR), justificou que os ônibus escolares estão momentaneamente paralisados para algumas comunidades, devido ao não pagamento atribuído a um problema burocrático direcionado a empresa que conquistou os direitos de prestação deste serviço para o município. “ Mesmo com o recurso financeiro estando em caixa o município fica impossibilitado de realizar o pagamento, pois se assim o fizer estará indo contra princípios de leis que regulamentam o serviço e esse pagamento passará a ser realizado de forma irregular”, afirmou.
O prefeito de Areial, Cicero Pedro Meda de Almeida (PMDB), não atendeu os nossos telefonemas.

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Fábio Mozart faz parceria com filhos para lançar CD autoral

Max Mozart (esquerda) e Arnaud Neto com Fábio Mozart

Os músicos Max Mozart e Arnaud Neto trabalham na produção de um CD com poemas musicados de Fábio Mozart, pai de ambos. A parceria já rendeu a música “Recado curto e grosso”, um “hino de guerra” do movimento de rádios livres e comunitárias. “Estamos trabalhando em oito poemas de Fábio Mozart que se juntarão ao que já existe com outros parceiros, para lançar o CD em fevereiro de 2017”, disse Max Mozart. Fábio já fez música com Orlando Otávio e Hugo Tavares, comunicador e poeta do Rio Grande do Norte, falecido em 2015.

Max Mozart é baixista das bandas Top Baile, Sonata e Classic Band, onde Arnaud Neto lidera, tocando saxofone. A orquestra Sonata é composta por 11 músicos e abrange ampla gama de estilos musicais. Classic Band tem formação de baixo acústico, piano, bateria e sax, com um show intimista jazzístico. Tob Baile é uma banda mais popular, ideal para mini wedding e eventos de médio porte.


Fábio Mozart teve a música “Toada de terreiro” selecionada no projeto “Music from Paraíba”, lançado em 19 de outubro na maior feira de música do mundo, a WOMEX (World Music Expo). Este ano, o evento ocorreu em Santiago de Compostela, na Espanha. O CD com a participação dos artistas selecionados tem tiragem de 1.000 exemplares e será gratuitamente distribuído aos profissionais da cadeia produtiva da música no Brasil e no exterior.

domingo, 23 de outubro de 2016

Prefeito de Itabaiana pode ser penalizado por abandonar cidade

O prefeito Antonio Carlos Melo Júnior, derrotado nas urnas na eleição de outubro, praticamente abandonou a administração da cidade, onde a população reclama de atrasos de salários, PSF fechados ou sem médicos, escolas fechadas, demissão dos atendentes do Samu e dispensa de médicos da Policlínica, além de lixo acumulado pelas ruas e outros descasos completam o caos em que vive a cidade. O prefeito negou, em entrevista em emissora local, que esteja abandonando a gestão, mas a população local considera que esse seja mais um dos factóides de Antonio Carlos. 

Em entrevista ao jornal Correio da Paraíba de hoje, 23 de outubro, o vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), André Carlos Torres, afirmou que a conduta desses prefeitos deve ser denunciada ao Tribunal de forma objetiva para que seja instaurado um processo para apurar e aplicar as sansões que a legislação estabelece. “Esse tipo de conduta pode levar à reprovação das contas com emissão de parecer contrário”, disse ele. “À Lei de Responsabilidade Fiscal foi adicionada uma lei penal que qualifica esse tipo de conduta, de deixar obrigações para o próximo gestor, o que é crime, podendo gerar repercussão negativa para o prefeito na esfera judicial”, explicou ele.

sábado, 22 de outubro de 2016

ITABAIANA


Ativistas culturais se reúnem para refundar entidade

Artista e produtores culturais de Itabaiana reúnem-se neste sábado, 22 de outubro, para “refundar” a Sociedade Cultural Poeta Zé da Luz, fundada em agosto de 1977 e que terá nova diretoria eleita.

A entidade desenvolveu atividades nas áreas de letras, artes, folclore e nas diversas formas de expressão da cultura nacional, bem como buscou preservar o patrimônio histórico, arqueológico e artístico da cidade no período em que atuou, sendo desativada nos anos 90.


“O intuito maior de reerguer essa instituição cultural é porque ela é, talvez, a única na área que está inscrita no Conselho Nacional de Serviço Social na cidade e registra em sua história as atividades culturais dos anos 70/80 em Itabaiana, reconhecida de utilidade pública municipal e estadual”, disse Fábio Mozart, um dos fundadores.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Programa de rádio web bate recorde de audiência em horário nobre

Fábio Mozart, Fabiana Veloso, Beto Palhano, Marcos Veloso e Dalmo Oliveira, da Rádio Zumbi

A participação de quatro radialistas em uma mesa “quadrangular” discutindo temas polêmicos de forma descontraída está rendendo bastante audiência à Rádio Web Comunitária Zumbi dos Palmares na faixa de horário das 9h ao meio-dia, diariamente. Nesta semana que teve início em 17 de outubro, a transmissão alcançou picos de audiência de 800 ouvintes do “Multimistura”, que tem reprise diariamente no blog da emissora e nos portais DiarioPB, Blog do Vavá da Luz, Coletivo de Jornalistas Novos Rumos e no canal RadioTube.

Os comunicadores Dalmo Oliveira, Marcos Veloso, Beto Palhano e Fábio Mozart gravam blocos de 20 minutos que são retransmitidos por esses canais. A ideia é fazer o programa ao vivo, com a participação dos ouvintes, a partir de novembro. “Em tempo real, vamos arrebentar, porque esse formato funciona bem melhor com a interação de quem ouve”, acredita Dalmo Oliveira, o sonoplasta e diretor de produção do “Multimistura”.

Para Fábio Mozart, o “Multimistura” vem caindo no gosto do público ouvinte pela originalidade. “É um programa pra rir e pensar, em modo geral. A gente imaginou esse formato pra passar notícias e também pra debater os fatos que rolam no dia-a-dia de forma descontraída. Não é um programa jornalístico porque falta aquele conteúdo mais noticioso. É mais uma agenda gaiata que cada apresentador leva pra discutir, ou não, no Multimistura”, explica.

“O programa é gravado em bares, às vezes na garagem de algum locutor e, na maioria das ocasiões, acaba sendo gravado em fundo de quintal mesmo, que os caras já andam com as malas dos equipamentos. Onde pintar o clima, a galera arma a barraca do Multimistura e manda ver besteirada com humor inconsequente. Às vezes aparece um personagem que não faz parte da equipe e já entra no clima, já vira locutor do programa. Tem cabra que vai ser entrevistado e acaba sendo o entrevistador, é uma coisa assim meio que fora da ordem mesmo”, disse Beto Palhano, um dos comunicadores da Zumbi.


Dalmo Oliveira, jornalista e radialista de profissão, tem uma explicação técnica mais formal sobre o Multimistura. Ele diz que o Multimistura é “o uso irracional e inteligente da linguagem radiofônica em todas as suas possibilidades, inclusive histriônicas”. Para Dalmo, “Multimistura é a mais perfeita tradução do que os teóricos chamam de “Hot radio”, que não deixa o ouvinte pensar em desligar, com uma narrativa densa, provocante e envolvente”. 

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Trabalho de artistas itabaianenses participa da maior feira de música do mundo

Fábio Mozart e Orlando Otávio 

A música “Toada de terreiro”, de Fábio Mozart e Orlando Otávio, artistas de Itabaiana, faz parte do projeto Music From Paraíba que foi lançado ontem, (19) na maior feira de música do mundo, a WOMEX (World Music Expo). Este ano, o evento ocorre em Santiago de Compostela, na Espanha, até o próximo dia 23. O Music From Paraíba já esteve presente em edições da feira no País de Gales, Espanha e Hungria. 

Terceira edição – Com curadoria de Arthur Pessoa (Coordenador de Música da FUNESC), Rayan Lins (Conselho Estadual de Cultura) e Rosildo Oliveira (Secult), a terceira edição do Music From Paraíba selecionou 50 trabalhos inéditos (que não participaram das duas edições anteriores). 
Estão no novo disco diversos artistas e bandas locais, como Parahyba Ska Jazz Foundation, Os Fulano, Augustine Azul, Vieira, Didier Guigue, Pifercussão, Rotten Flies, Dubbem, Emboscada, Afronordestinas, Banda Fôrra e os itabaianenses Fábio Mozart e Orlando Otávio, entre outros.

Entre os gêneros contemplados estão forró, samba, choro, reggae, rap, música eletrônica, instrumental, rock e muitos outros. O projeto seguirá o mesmo formato da edição anterior, com um box em formato de LP contendo quatro CDs dentro e diferentes gêneros em cada um deles. 
Na Paraíba, o lançamento oficial desta terceira edição será em dezembro. A arte do projeto terá a assinatura do ilustrador Daniel Vicenti. A primeira edição foi feita pelo ilustrador Shiko e a segunda por Silvio Sá (premiada na Bienal Internacional de Design Gráfico).

A WOMEX é um espaço para divulgação internacional da música produzida na Paraíba, com distribuição gratuita dos CDs. E o Estado será representado por artistas e bandas locais. Em sua terceira edição, o projeto Music From Paraíba – executado pela Fundação Espaço Cultural (Funesc) - já contemplou 140 artistas paraibanos que compõem as três coletâneas. 
A WOMEX é considerada a maior feira de música do mundo, reunindo profissionais e consumidores de quase 100 países. Com participação de aproximadamente 2,8 mil profissionais da cadeia produtiva da música de diversos países e de todos os continentes. 


Participam da feira selos, gravadoras, produtoras de festivais, agencias de artistas, produtoras de shows e mídia especializada. Durante a feira, acontecem as rodadas de negócio, debates, conferências, exposição em estandes e shows cases. 

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Presidente Temer quer saber porque o prefeito de Salgado de São Félix não terminou as obras conveniadas com o Governo Federal


O prefeito de Salgado de São Félix, Adaurio Almeida, foi o gestor que mais obras iniciou no seu município, na região de Itabaiana, que compreende ainda Pilar, Juripiranga, Mogeiro e São José dos Ramos. No município vizinho, Itabaiana, que é cidade polo, não se registra nenhuma obra em andamento, porque o prefeito Antonio Carlos conseguiu a façanha de não executar obras em sua gestão.

Em Salgado, o que se verifica é que as obras, a maioria, não foram entregues no tempo estabelecido pelos convênios realizados com os governos do Estado e Federal. De acordo com documentos oficiais, estão inacabadas a construção do Portal da Cidade, que deveria terminar em 2014, Academia de Saúde, com prazo em 2015, Praça do Centro, cujo calendário de execução determina término em dezembro de 2015, Academia de Saúde de Dois Riachos, Quadra de Dois Riachos, Quadra da Fazenda Campos, Colégio e quadra Mariano Tomás, UBS de Maria de Melo e Creche Escola do Centro são obras conveniadas com o Governo Federal e que estão inacabadas, muito além dos prazos contratuais.

O presidente em exercício, Michel Temer, encomendou nas últimas semanas que seus ministros façam um levantamento das obras conveniadas com recursos federais que estão paralisadas, informou a assessoria do Palácio do Planalto. O assunto foi um dos temas discutidos nesta terça, no Palácio do Planalto, em reunião de Temer com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e os senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Eduardo Braga (PMDB-AM).

Segundo assessores da Presidência, o governo estima que haja “milhares” de obras inacabadas pelo país.  Após se reunir com o presidente em exercício, Renan Calheiros disse que o país se tornou um “cemitério de obras inacabadas”. Conforme ele, essas obras paralisadas representam R$ 250 bilhões em restos a pagar. O peemedebista relatou que, além de pedir o balanço de empreendimentos paralisados, Temer pedirá que os governadores apontem obras que eles consideram prioritárias nos estados financiadas com recursos federais.

“O andamento das obras retoma a criação de empregos e renda, e demonstra o seu compromisso [de Temer] para uma solução definitiva para as obras inacabadas e para os restos a pagar”, disse Renan ao chegar ao Senado depois da audiência no Palácio do Planalto.


terça-feira, 18 de outubro de 2016

População de São José dos Ramos reclama de lixo importado da vizinha Itabaiana

Problema do lixo em São José dos Ramos já foi destaque na imprensa da capital João Pessoa

População de São José dos Ramos está reclamando que estão jogando lixo proveniente de Itabaiana em uma área no município. A destinação incorreta tem causado transtornos e incômodos à população. Devido ao calor, o mau cheiro predomina no local, atraindo moscas e outros animais que se alimentam dos restos deixados ali.


A destinação final dos resíduos sólidos tem sido um problema mal enfrentado pelas cidades da região. Durante o período de 2009 à 2012 os municípios da região, exceto Itabaiana, formaram uma cooperativa para viabilizar a destinação e tratamento do lixo que,  por questões burocráticas, não foi viabilizado. O custo é alto e o interesse dos gestores é insignificante. “O que não é correto é aumentar a contaminação do nosso meio ambiente acumulando lixo de outros municípios, como por exemplo Itabaiana, que fogem de suas responsabilidades”, afirmou Aparecida Amorim, líder política local.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Prefeitos não têm desculpas para não pagar o 13º salário do funcionalismo público


Os 223 prefeitos da Paraíba não têm desculpa para não pagar o 13º salário dos servidores públicos ou atualizar os vencimentos atrasados.

O governo federal vai repassar, no dia 10 de dezembro, às prefeituras mais de R$ 115 milhões, o que representa um crescimento nominal de 6,48% dos valores repassados na mesma data em 2014, que chegaram a R$ 108 milhões.

A direção da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup) projetou os recursos do FPM extra com base nos dados da Secretaria do Tesouro Nacional e admite até que poderá haver um pequeno incremento se houver o crescimento na arrecadação do Imposto de Renda até o dia 30 deste mês.


Muitos prefeitos  que perderam a reeleição abandonaram suas cidades, com as folhas de pagamento atrasadas, como é o que de Antonio Carlos Melo Júnior, de Itabaiana. O gestor nem ao menos atendeu ao que preceitua a lei para formar equipe de transição, e deve entregar o cargo ao seu sucessor sem apresentar documentos e relatórios essenciais, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal quando do encerramento do mandato.

domingo, 16 de outubro de 2016

Poeta de Pocinhos ingressa na Academia de Cordel do Vale do Paraíba

O poeta Tiago Monteiro (foto), de Pocinhos, teve seu ingresso na Academia de Cordel do Vale do Paraíba acolhido pela comissão de recepção, em reconhecimento ao trabalho de alto mérito no campo da cultura popular daquele artista paraibano.

Tiago Monteiro é gerente dos Correios em Pocinhos, onde mantém um programa de rádio que enaltece a cultura de raiz.

A posse de Tiago Monteiro será realizada em 28 de novembro na cidade de Pilar, durante a plenária da Academia, ocasião em que os poetas Jandira Lucena, Bebé de Natércio e Iponax também serão recebidos oficialmente pelos colegas acadêmicos, conforme informa Sander Lee, Presidente da entidade.


sábado, 15 de outubro de 2016

RC se compromete a fortalecer gestões de novos prefeitos


“A tendência é que quem assume hoje municípios dentro de uma crise aguda como essa, precisa ter criatividade, saber que o caminho não é deixar o palanque armado”. A declaração é do governador Ricardo Coutinho para os gestores que assumirão novos mandatos a partir de janeiro de 2017.

Segundo Coutinho, a gestão estadual está aberta para fortalecer as administrações, fazendo com que a política sirva ao povo, e não aos políticos.

“Estamos pelo estado afora, com gestões diferenciadas, e com forma de governar que precisa ser preservada. Na verdade há muitos prefeitos que apesar de estarem concorrendo com outros números, fizeram campanhas casadas com a gestão estadual. Eles por alguma circunstância estavam em outros partidos”, disse.

Coutinho ainda lamentou o fato de existirem, na atual conjuntura política da Paraíba, políticos que se utilizam de outros modus operandi para governar. “Tem alguns aqui na Paraíba que infelizmente vivem da política, vivem para política, e vivem da política. Eles não servem a política, eles se servem da política. Isso vem de gerações, e acho que vão continuar assim e acham que vou fazer da minha historia, da minha vida, e da minha produção, porque eu tenho mostrar, que eu vou desviar o foco, pelo contrário, estamos aqui para fortalecer as administrações”, assegurou.

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Escola promove leitura de autores itabaianenses no coreto de Itabaiana


A Escola Estadual João Fagundes de Oliveira inicia o projeto “Leitura” nesta sexta-feira, 14, no coreto da Praça Manoel Joaquim de Araújo, às 18h30, com alunos e outras pessoas da comunidade, contando com a presença de alguns autores locais.

Nesta primeira edição do projeto, o autor enfocado é Fábio Mozart, cronista e poeta com oito livros publicados. “O projeto pretende fazer uma análise das obras literárias de autores itabaianenses, se possível com a presença dos mesmos, como forma de incentivar a leitura da produção local pelos alunos e ajudar a entender o processo criativo desses artistas, como forma de refletir na melhora das notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, salientou o professor Charles Michel, integrante da equipe.

Fábio Mozart é coordenador do projeto “Biblioteca viva”, da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, que disponibiliza livros para troca livre em ambientes públicos. “Queremos que a literatura seja mais que um evento, para que se torne algo permanente, principalmente no espaço escolar onde é primordial se desenvolver um processo leitor e facilitar o gosto da leitura nos novos leitores”, afirmou.

O projeto “Leitura” é coordenado pela professora Maria José de Paiva. Para ela, é gratificante ver os alunos mergulharem no universo literário de pessoas que são da própria comunidade, de sua realidade próxima, não somente lendo seus textos como trocando impressões e participando diretamente de encontro com os autores. Cerca de 300 alunos participam de cada edição do projeto. Na ocasião, o poeta Sander Lee, Presidente da Academia de Cordel do Vale do Paraíba e da Associação de Bibliotecários Profissionais da Paraíba, realizará roda de leitura e oficina de composição poética de cordel.  




quinta-feira, 13 de outubro de 2016

ITABAIANA

Vereador eleito diz que não vai disputar presidência da Câmara

Suélyo (direita) com o prefeito eleito, Lúcio Flávio

O vereador Suelyo Rogério (PSB), que foi eleito com 770 votos e ficou em quarto lugar na lista dos edis eleitos em outubro em Itabaiana, afirmou que não faz planos para disputar a presidência da Câmara Municipal. Disse que vai apoiar alguém entre os eleitos para a presidência da mesa, sem citar nome.

Na nova composição da Câmara, aparece o nome de Pedro José da Silva, veterano político que já foi presidente do Legislativo local e poderá disputar novamente o cargo. Ubiratan é outro nome cotado, sendo um dos poucos que conseguiram renovar o mandato, com experiência e prestígio no grupo do PSB.

O vereador mais votado, Rodrigo Feição, enviou mensagem onde diz que é candidato a presidente da Mesa Diretora da Câmara. "Tive uma expressiva votação, não tenho rabo preso com ninguém, sou empregado do povo e sou, sim, candidato", disse o vereador.

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Juiz Federal de origem itabaianense toma posse no Maranhão

Ticiano Maciel quando tomava posse como analista judiciário no TRT do Rio Grande do Norte

Ticiano Maciel Costa toma posse no cargo de Juiz Federal da 16ª Região, no Maranhão, nesta quinta-feira, 13 de outubro. Ticiano é filho do bacharel Sósthenes Costa, atualmente residindo em João Pessoa, ex-vereador de Itabaiana e militante político nos anos 70/80.

O novo Juiz Federal foi graduado em Direito pela Universidade Federal da Paraíba e exercia o cargo de analista judiciário do TRT da 21ª Região, no Rio Grande do Norte. Foi advogado do Banco do Nordeste do Brasil S/A. Atuou no escritório do pai de 2005 a 2007 e tem especialização em Direito e Processual do Trabalho. Escreveu “A exploração do trabalho do menor de idade”, editora Universitária, em 1997.

“Ele será um ótimo juiz, dando continuidade à tradição da família, onde temos diversos advogados e uma promotora de Justiça”, disse Arnaud Costa, avô do novo Magistrado.

A mãe de Ticiano, a itabaianense Maria Helena Maciel, é doutora em Educação pela Universidade Federal da Paraíba, professora do Departamento de Habilitações Pedagógicas do Centro de Educação da UFPB, autora de “Ajuste Neoliberal e Exclusão Social no Brasil”, publicado na coletânea "Exclusão, inclusão e diversidade", pela Editora da UFPB





terça-feira, 11 de outubro de 2016

Secretaria de Estado da Saúde divulga boletim de caso de microcefalia em São Miguel de Taipu


A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Gerência Operacional de Resposta Rápida, registrou 906 casos de microcefalia em 136 municípios paraibanos, no período de agosto de 2015 até a 39ª semana de 2016.

Desses casos, 170 foram confirmados em 67 municípios, com base nos laudos dos exames de imagem e/ou resultados de exames laboratoriais para detecção do vírus zika; 552 descartados para a microcefalia relacionada à infecção congênita e 184 estão sob investigação.

Quanto aos óbitos, dos casos notificados na Paraíba, 27 evoluíram para óbito, sendo confirmados 18, nos municípios de Sapé (2); São José do Sabugi (1); São João do Rio do Peixe (1); São Miguel de Taipu (1); Santa Rita (3); Sossego (1); Olivedos (1); Piancó (1); Parari (1); Nova Olinda (1); São Bento (1); Juazeirinho (1); João Pessoa (1); Conde (1) e Campina Grande (1). Oito foram descartados e um segue em investigação.


Para outros esclarecimentos, deve-se entrar em contato com o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), da SES, por meio do endereço eletrônico: cievs.pb@gmail.com ou pelo telefone: 0800-281-0023.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

VALE DO PARAÍBA

Após dez dias da eleição, portais das prefeituras ainda continuam fora do ar



“Em atendimento à legislação eleitoral (Lei nº 9.504/1997), todo o conteúdo informativo e noticioso deste portal oficial ficarão indisponíveis de 01 de julho de 2016 até o final das eleições municipais no Estado da Paraíba.” Este anúncio foi estampado nos portais das prefeituras na internet, antes da eleição. Em algumas prefeituras, ainda permanecem, mesmo após decorrido dez dias da disputa eleitoral. No vale do Paraíba, as prefeitura de Itabaiana, Mogeiro, São José dos Ramos e Ingá ainda não abriram seus sites para as informações básicas. O site da Prefeitura de Salgado de São Félix encontra-se totalmente suspenso.
Os portais e as páginas do Facebook das prefeituras ficaram indisponíveis até o fim das eleições municipais. A medida atende a legislação eleitoral e também o calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que veta propaganda e publicidade institucional três meses antes do pleito.
A lei nº 9504/97, artigo 73, VI, b, determina que só poderá ter propaganda de produtos ou serviços ou publicidade institucional em caso de grave e urgente necessidade pública, que deve ser reconhecida pela Justiça Eleitoral.


domingo, 9 de outubro de 2016

Educandário de Itabaiana está entre as cem melhores escolas da Paraíba


O Ministério da Educação (MEC) divulgou os resultados por escola do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de 2015. Na região do vale do Paraíba, apenas o Colégio Nossa Senhora da Conceição, em Itabaiana, ficou entre os 100 com as melhores médias, na 36ª posição.
Todos os anos, o governo federal divulga a nota média que os alunos de uma escola tiveram no Enem. O requisito para a escola ser incluída na divulgação é que pelo menos 50% dos alunos matriculados no terceiro ano do ensino médio em um determinado ano tenham feito a prova do Enem. Se a sua escola não aparece na planilha geral, o motivo pode ser que ela não preencheu este requisito.

Em relação ao Enem 2015, foram divulgadas as notas de 14.998 escolas públicas e privadas brasileiras. O governo sempre divulga as médias de cada uma das quatro provas objetivas (linguagens, matemática, ciências humanas e ciências da natureza) e da prova de redação.  O MEC ressalta que a comparação de escolas apenas pela nota do Enem não é adequada, porque não leva em consideração outros fatores determinantes para a qualidade de ensino de cada instituição, como a formação e professores, o tamanho da escola, a seleção de alunos e o padrão de vida das famílias dos estudantes.


sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Prefeitos eleitos do PSB reúnem-se com Governador na segunda-feira (10)

Ricardo Coutinho convoca prefeitos do PSB

O governador Ricardo Coutinho irá se reunir, na próxima segunda-feira (10), com os 54 prefeitos e 17 vice-prefeitos eleitos pelo PSB neste ano. O encontro será no Hotel Sapucaia, em Tambaú, a partir das 10h.
O PSB elegeu 53 prefeitos. Porém, nesta semana, o prefeito eleito de Itaporanga pelo PMDB, anunciou que se filiará ao PSB nos próximos dias. No vale do Paraíba, foram eleitos pelo PSB Benício Neto, de Pilar, Lúcio Flávio, de Itabaiana e Dr. Paulo de Juripiranga.

Na pauta do encontro, perspectivas para ações conjuntas em 2017 e discussão sobre o cenário socioeconômico do Estado, na perspectiva dos novos prefeitos realizarem gestão intensiva com definição de prioridades na aplicação dos recursos públicos. Na ocasião, o Governador Ricardo Coutinho também agradecerá aos prefeitos do Partido Socialista Brasileiro pelo empenho na defesa dos princípios da agremiação. 

Poeta de Pilar sai da eleição com votação expressiva e mostra potencial, dizem políticos


O poeta e líder comunitário Evanio Teixeira (foto), de Pilar, obteve 155 votos para vereador na eleição de outubro, insuficiente para se eleger, ficando em quinto lugar no seu partido, o PP. Segundo políticos locais, Evanio Teixeira teve uma votação muito expressiva, haja vista ter enfrentado o poder econômico dos concorrentes e a estrutura da maioria dos que foram eleitos. Com uma campanha sem recursos e contando apenas com os votos dos amigos, Evanio acha que se saiu muito bem, credenciando-se para outras disputas. “Obtive mais votos que muitos políticos veteranos como o ex-vereador César Augusto, Nena de João Mousinho, entre outros, citando ainda o amigo poeta Antonio Costta, também ex-vereador que só foi votado por apenas 34 eleitores”, disse Evanio.
Ele pretende ampliar as bases e buscar parcerias para continuar “defendendo a bandeira da cultura, bem como lutar para melhorar a saúde da comunidade e pelo radialismo comunitário”, outra atividade em que Evanio empresta seu dinamismo.
O poeta está produzindo um programa a ser transmitido pela Rádio Comunitária Cidade Pilar FM, emissora que tem o comando de Trajano Júnior. “Estou pensando em dar o nome de “Café e cultura”, onde penso em destacar política, humor, cultura e entretenimento, entrevistando ainda artistas locais”, disse Evanio sobre seu projeto radiofônico. 

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Aedes: municípios devem realizar levantamento



A Secretaria de Estado da Sasúde (Ses), iniciou o envio de comunicado às Gerências Regionais de Saúde (GRS), informando que mobilizem os 223 municípios paraibanos para o Levantamento de Infestação Predial (LIRAa), metodologia que ajuda a mapear os locais com altos índices de infestação do mosquito Aedes aegypti e, consequentemente, alerta sobre os possíveis pontos de epidemia das doenças transmitidas por ele. Os resultados desse levantamento (LIRAa e LIA), deverão ser encaminhados à Gerência Operacional de Vigilância Ambiental (Gova) até 4 de novembro.


Segundo o chefe do Núcleo de Fatores Biológicos da Secretaria, Antonio Neto, o LIRAa é considerado um instrumento fundamental para orientar as ações de controle da dengue, chikungunya e zika. “O levantamento identifica os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor das doenças e os tipos de recipientes com água parada, que servem de criadouros mais comuns. A pesquisa proporciona informação qualificada para atuação das prefeituras nas ações de prevenção e controle, permitindo a mobilização de outros setores, além das secretarias de Saúde, serviços de limpeza urbana e abastecimento de água”, explicou.


A partir do levantamento, é feita a classificação de risco proposta pelo Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Controle da Dengue. Abaixo de 1% da quantidade de imóveis com larvas, o índice é considerado satisfatório; entre 1 e 3,9%, em alerta. Acima de 3,9%, em risco.


“A dengue, chikungunya e zika são consideradas um grande problema de saúde pública no Brasil e na Paraíba. Devido às limitações do ambiente e de recursos, é necessário focar nos meios de combate e prevenção, para diminuir os custos e otimizar o tempo e os esforços das pessoas envolvidas”, disse Neto.


O Ministério da Saúde já conta com alguns sistemas que auxiliam atualmente nesta tarefa, tais como o SINAN (Sistema de Informação de Agravos de Notificação), SISPNCD (Sistema de Informação do Programa Nacional de Controle da Dengue) e o LIRAa(Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti).


O LIRAa consiste na divisão do município em áreas, com um determinado número de imóveis cada. Em cada área especificada são sorteados os imóveis para serem avaliados pelos agentes de Endemias. Essas avaliações buscam principalmente a presença de larvas e pupas do mosquito da dengue. As amostras coletadas durante as vistorias são enviadas para análise em laboratório.


“É importante lembrar que o sistema LIRAa (Versão 1.2), está programado para receber as informações de monitoramento tanto do Aedes aegypti, como do Aedes albopictus. Ambos os mosquitos, podem potencialmente, transmitir o vírus da dengue e Chinkungunya a partir da introdução de pessoas em viremia, o que torna importante a vigilância dessas duas populações de Aedes”, falou.


quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Contas de Antonio Carlos e Manoel da Lenha serão julgadas nesta quarta-feira pelo TCE

Onze contas anuais de Prefeituras e duas de Câmaras Municipais compõem, em meio a outros processos, a pauta de julgamentos do Tribunal de Contas do Estado para esta quarta-feira (05).
Também serão examinadas, na ocasião, contas da Companhia de Águas e Esgotos do Estado (exercícios de 2012 e 2013), da Secretaria de Estado da Cultura (2014), da Empresa Rádio Tabajara da Paraíba S/A (2011 e 2012) e da União Superintendência de Imprensa e Editora (2012).
O TCE verificará as contas de 2014 dos prefeitos de Piancó (Francisco Sales de Lima Lacerda), Itabaiana (Antonio Carlos Rodrigues de Melo Junior), Olho d’Água (Francisco de Assis Carvalho), São Bentinho (Giovana Leite Cavalcanti Olímpio), Conceição (José Ivanilson Soares de Lacerda), Ibiara (Pedro Feitosa Leite), Ingá (Manoel Batista Chaves Filho) e Olivedos (Grigório de Almeida Souto).
Ainda dos ex-prefeitos de Marizópolis (José Vieira da Silva, 2014), Santo André (Fenelon Medeiros Filho, 2012) e Cabaceiras (Luiz Aires Cavalcante, 2014). As Câmaras de Vereadores com processos de prestação de contas na pauta do TCE são as de Sousa e Sossego, atinentes a 2014, em ambos os casos.
Presidido pelo conselheiro Artur Cunha Lima, o Tribunal de Contas da Paraíba reúne-se, ordinariamente, às quartas-feiras, a partir das 9 horas, com acesso permitido ao público e transmissões ao vivo pela internet (portal.tce.pb.gov.br). Os processos constantes da presente pauta de julgamentos indicam a movimentação de recursos púbicos superiores a R$ 1,3 bilhão.
Ascom TCE 


terça-feira, 4 de outubro de 2016

ITABAIANA

Partidos registram candidaturas femininas fictícias para atingir cota


O resultado da eleição proporcional em Itabaiana, Paraíba, identificou pelo menos 13 registro fraudulentos de candidaturas femininas nas eleições de 2016 para vereador. Há indícios de falsidade ideológica praticada por dirigentes ou representantes de partidos políticos que apresentaram os pedidos de registros fraudulentos.
“A fraude ficou evidenciada porque essas candidatas não votarem em seu próprio nome e algumas sequer sabiam da candidatura”, afirma um observador da política local. A suspeita é que dirigentes partidários teriam usado as candidaturas para cumprir a cota estabelecida na Lei 9.504/97. Desde 1997, a Lei das Eleições passou a prever a reserva de vagas para a participação feminina nos cargos proporcionais – vereador, deputado estadual, distrital e federal. Em 2009, com a sanção da lei, a participação tornou-se obrigatória. O novo texto estipula que sejam preenchidas – e não apenas reservadas – um mínimo de 30% de vagas para o sexo feminino.
Na eleição de 2016 em Itabaiana, o PSB registrou 4 candidatas que não foram votadas. O PCdoB aparece com três candidatas e PMN, PSL, PMDB, PTB, PDT e PTN com uma candidata em cada legenda, suspeita de ter registrado sua candidatura apenas para cumprir a cota.
Candidaturas fictícias de mulheres para preencher cota de gênero, de servidores públicos para garantir três meses de licença remunerada ou que apresentem gastos inexistentes ou votação ínfima serão consideradas fraudulentas. O alerta foi feito pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). As candidaturas fictícias são identificadas com gastos de campanha inexistentes ou irrisórios e votação ínfima.
De acordo com a Lei das Eleições, cada partido ou coligação deve preencher, nas eleições proporcionais (vereador, deputado federal e estadual), o mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo. Como a maioria dos candidatos é do sexo masculino, esse percentual na prática é reservado às mulheres. Portanto, de acordo com a recomendação, os partidos políticos deverão obedecer fielmente o que diz a legislação eleitoral quanto ao percentual mínimo de 30% dos registros para candidaturas femininas.


segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Dida Moreira dá vitória ao candidato do PSB em Itabaiana

Lúcio Flávio e seu adversário, Antonio Carlos, em palanque comum

A grande expectativa de 2016, em Itabaiana, agreste da Paraíba, era sobre o desempenho do candidato do Partido Socialista Brasileiro, Lúcio Flávio Costa, que disputou pela segunda vez o cargo de prefeito da cidade. Tendo como puxador de votos o candidato a vice-prefeito, Sinval Neto, filho da ex-prefeita Dida Moreira, Lúcio Flávio emplacou seu nome com quase o duplo dos votos de 2012. Naquela eleição, ele obteve 5.556 votos e em 2016 foi votado por 9.485 eleitores. Em 2012, a então prefeita Dida Moreira apresentou o candidato Fábio Rodrigues, que foi votado por 4.097 eleitores. Em 2016, o mesmo Fábio Rodrigues teve apenas 955 votos, o que se depreende que Dida Moreira conseguiu transferir os votos dos seus correligionários para Lúcio Costa.

O atual prefeito Antonio Carlos Melo Júnior obteve quase a mesma votação da eleição anterior. Em 2012, sua votação foi de 6.192, passando para 4.747 em 2016, com perda de apenas 1.445 votos de sua base de eleitores. O que o derrotou foi a junção das duas correntes políticas de oposição e as dificuldades que não soube superar na gestão do município. 

Dependendo do prestígio e da imagem de Dida Moreira para se eleger, o médico Lúcio Flávio deverá fazer uma administração com forte influência do grupo da ex-prefeita, pois foi graças à imagem dela que a candidatura ganhou musculatura e derrotou com larga margem de votos o atual prefeito.

Por seu lado, o PMDB de Antonio Carlos sai derrotado, mas continua bem inserido no processo político do município, garantindo ao seu líder um bom desempenho nas próximas eleições para deputado, senador e governador.

Com sua economia baseada no comércio, o município de Itabaiana vive hoje uma séria crise econômica e social. Com a prefeitura praticamente falida, na realidade de hoje, o prefeito tem duas alegrias: a primeira quando ganha a eleição e a segunda quando consegue terminar o mandato sem ter nenhum processo contra ele. Os recursos são insuficientes para atender a todas as demandas acumuladas locais. A população espera do prefeito eleito que cumpra as responsabilidades inerentes ao cargo e busque formas de contornar os grandes problemas do município, o que não será possível sem apoio das forças vivas da sociedade, incluindo os políticos.